quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Notícias 24 de Janeiro de 2013

UERN: Pré-candidata Ana Dantas debate Carta-Programa e Anucia Vice Gláucia Russo


  Prof. Gláucia Russo (candidata a Vice), Ana Dantas (candidata a Reitora)
Na tarde desta quarta-feira (23), a pré-candidata à Reitoria da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) professora Ana Dantas apresentou minuta da Carta-Programa à comunidade acadêmica em uma reunião ampliada. Alunos, técnicos e professores formaram grupos de trabalho e puderam debater abertamente cada uma das propostas que englobam temas como assistência estudantil, gestão de pessoas, infraestrutura, pesquisa e extensão. 



“Saímos daqui com projetos estudados, debatidos amplamente por pessoas comprometidas só com o desenvolvimento da nossa UERN e, juntos, vamos buscar recursos e executar as ações que levarão a Universidade ao status de instituição de alto nível, como queremos”, afirmou Ana Dantas ao enfatizar o caráter democrático do projeto que integra, desde a sua concepção, modo diferente de fazer campanha e o modelo de gestão participativa que pretende implantar.




Recomendações médicas tiraram a professora Anadja Braz da campanha




Durante o encontro, também foi anunciada a professora Glaucia Russo como candidata a vice-reitora, em substituição a Anadja Braz, que por recomendações médicas ficou impedida de manter a candidatura. Anadja reafirmou seu compromisso com o projeto do grupo, participou de todo o debate sobre a Carta-Programa e disse que se manterá na base de apoio a Ana Dantas.  




Glaucia integra o quadro docente da UERN há mais de 20 anos e é atualmente a vice-presidente da Faculdade de Serviço Social em Mossoró. “Nós estamos fazendo desde o início uma campanha diferente, pensando não em interesses pessoais, mas na UERN como uma instituição que precisa melhorar a cada dia”, disse a candidata a vice.



O registro da candidatura de Ana Dantas e Glaucia Russo será feito nesta quinta-feira (24), às 15h, na Reitoria da UERN, em Mossoró.
  

Fonte: Barrigudanews
com informações de Débora Campos


Domingo 27 de Janeiro na Boate Pântanos às 17 horas



Bonde do Brasil

UNE Pede que Forró Seja Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade




forró 
Estudantes pedem que o forró seja reconhecido como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, a exemplo do que ocorreu com o frevo no mês passado. Na 8ª Bienal de Arte e Cultura da União Nacional dos Estudantes (UNE), músicos e especialistas discutem a importância do ritmo e do grande homenageado do evento, o sanfoneiro Luiz Gonzaga.

O sobrinho de Gonzagão, Joquinha Gonzaga, acredita que com a força do movimento estudantil o forró receberá o reconhecimento. “A importância do forró é muito grande. É uma cultura muito rica, uma cultura que meu tio Gonzaga deixou. Nós estaremos aqui de chapéu de couro na cabeça e sanfona no peito para defender o ritmo”, disse.

O forró é o principal ritmo nativo do sertão nordestino. Popular em todo o Brasil, sua disseminação se deu por meio da intensa imigração dos nordestinos para outras regiões do país. Como patrimônio imaterial da humanidade, o forró será protegido a fim de que permaneça vivo para as gerações futuras. O título é concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). A lista de patrimônios culturais imateriais reúne, atualmente, 232 elementos de 86 países.

Os estudantes pretendem entregar uma carta com o pedido à ministra de Cultura, Marta Suplicy, que deverá estar presente nesta quinta-feira (24) no evento.
Fonte: Blog do Robson Pires.




 Conheça o Personagem que dá Nome a Sua Rua em Patu
Alfredo Fernandes
Natural de Pau dos Ferros, nascido a 05/04/1884 e falecido em Mossoró, em 24/12/1948. Aos 09 anos de idade passou a residir em Mossoró, onde seus pais se estabeleceram com um pequeno armarinho, tendo seu pai sido membro da Intendência Municipal (vereador) de Pau dos Ferros, o qual tomou posse em 14/01/1892 e foi também o último presidente da Intendência Municipal (prefeito), no período de 07/02/1920 a 01/01/1929, passando o cargo para o 1º prefeito constitucional, o senhor Francisco Dantas de Araújo (12/09/1872 – 09/09/1942), eleito em 02/09/1928 e tomou posse em 01/01/29, governando até 07/10/30. Alfredo Fernandes casou-se com sua prima Maria Fernandes Pessoa, filha de Agostinho Pessoa de Queiroz e Tertulina Fernandes de Queiroz. Era capitalista e industrial, foi um “criador de riquezas” – na expressão de um dos seus biógrafos, dono da extinta firma Alfredo Fernandes & Cia., com sede em Mossoró.
Fonte: CULTURA PAU-FERRENSE
 Rua Alfredo Fernandes
Bairro da Estação (Entrada da cidade de Patu)

Foto: Blog Patu Cidade Turística

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário