sábado, 20 de fevereiro de 2021

Governo do Rio Grande do Norte Iniciou a Distribuição de Sementes aos Agricultores.


 

A Secretaria da Agricultura, da Pecuária e da Pesca (Sape) do estado do Rio Grande do Norte iniciou na última quinta-feira (18) a distribuição de 453 toneladas de sementes de feijão, milho e sorgo do Programa Bancos de Sementes. Os grãos serão distribuídos para 1.605 bancos, em 156 municípios do estado. Esse ano o programa deve beneficiar 52.912 agricultores familiares.

As primeiras regionais a receberem os grãos foram as de Pau do Ferros e Umarizal. De acordo com a Sape, os agricultores beneficiados estão cadastrados junto ao Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater). O investimento no Programa Bancos de Sementes 2021 é de R$ 6,3 milhões, provenientes do tesouro estadual.

As sementes são destinadas ao plantio de subsistência e forragem animal. As variedades de milho Cruzeta, feijão Riso do Ano e Miranda, e sorgo Ponta Negra e SF 15 são adaptadas às condições do semiárido do RN, que garante uma colheita precoce e uma produção com menor necessidade de água.

As variedades são fruto de pesquisas da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Das 453 toneladas de sementes, a maior parte é de milho: 176.560 kg. As  duas variedades de feijão somam 143,66 kg e as duas variedades de sorgo 132,83 kg. As sementes serão entregues na sede da Emater nos municípios.

Fonte: G1RN.


Luta do Deputado Francisco do PT para Incluir Profissionais da Educação na lista de prioridades da vacina surtiu efeito.



No último dia 4 de fevereiro de 2021 o Deputado Estadual Francisco do PT apresentou requerimento pedindo que a categoria dos profissionais da educação seja inclusa já na primeira fase da vacinação, argumentando que estudos científicos revelam que as crianças e os adolescentes são fortes vetores virais para o contágio das pessoas que se mantêm de quarentena, bem como da possibilidade de contágio dos profissionais da área da educação.

Em reunião ontem (19/02) do Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello com a frente dos prefeitos de todo o Brasil ele disse que ia adaptar o PNI - Plano Nacional e Imunização para incluir os profissionais da educação na lista de prioridades da vacina contra a Covid19.

O deputado Francisco do PT ficou feliz com a notícia pois viu que sua luta surtiu efeito, contribuindo para que os professores também tenham prioridade nas etapas de vacinação, como os profissionais da saúde e idosos.  “Quando mais cedo a vacinação chegar a esses profissionais, mais cedo as aulas poderão ser retomadas, de maneira segura. Precisamos ter esse apelo atendido”, concluiu o deputado.


Fonte: A Folha Patuense.


Ministro da Saúde diz que vai incluir professores nos grupos prioritários de vacinação.



Em reunião com representantes da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), nesta sexta-feira (19), o Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou que pretende fazer uma adaptação ao Plano Nacional de Imunização (PNI) para incluir os profissionais da educação ao grupo de prioridade de vacinação, o mais rápido possível.

Em setembro de 2020, a Undime fez uma solicitação ao Ministro da Educação, Milton Ribeiro, para que fosse articulado junto ao Ministério da Saúde  a garantia de vacinação da comunidade escolar, como forma de proporcionar segurança aos pais, professores e alunos para ao retorno às aulas presenciais.

De acordo com o Censo Educacional de 2019, 38,7 milhões de estudantes frequentam as redes federal, estaduais e municipais de educação. Já a rede privada atende 9,1 milhões de alunos. São 2,7 milhões de docentes e quase 2 milhões de profissionais de apoio à atividade educacional. Esses dados indicam que a comunidade educacional é formada por 52,5 milhões de pessoas, que representa ¼ da população brasileira.

A Frente Nacional de Prefeitos também pleiteou a vacinação urgente e imediada dos profissionais da educação. Em ofício enviado ao Ministério da Saúde, no dia 12 de fevereiro, a entidade se posicionou afirmando que “a vacinação trará mais segurança às aulas presenciais, mesmo que em sistema híbrido. A medida se torna necessária pois há grandes riscos de contaminação pelo novo coronavírus. Segundo relatório do Sistema Público de Saúde do Reino Unido, divulgado em janeiro deste ano, as escolas foram responsáveis por três vezes mais possíveis surtos de covid-19 do que hospitais de outubro para cá.”

O presidente da Undime, Luiz Miguel Martins Garcia, Dirigente Municipal de Educação de sud Mennucci/ SP, explica que a solicitação partiu em função do desafio que a educação enfrenta, sobretudo para retornar às aulas presenciais. “O público a que nos referimos representa ¼ da população brasileira. Nas pequenas e médias cidades a escola movimenta cerca de 70% dos seus habitantes, assim é importante que na discussão para os critérios, essa população seja observada.”, explica Garcia.

Para Jonas Donizette, presidente da FNP, é importante manter a união nesse momento para que a campanha seja, de fato, efetiva. “Precisamos trabalhar juntos e de perto para resolvermos os problemas que forem aparecendo. Nosso posicionamento é pelo diálogo.” O presidente da entidade aproveitou para cobrar outra demanda acertada em 14 de janeiro, que é um cronograma mais detalhado imunização contra a covid-19, associando, mês a mês, a expectativa de entrega de vacinas nas cidades e quais grupos da população seriam imunizados a cada período. “Isso é muito importante porque são as prefeituras que fazem toda a logística, e não só a parte da saúde”, frisou.


 Fonte: Undime (com informações da FNP)

Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil 

terça-feira, 16 de fevereiro de 2021

Ótimas Chuvas caídas na Região do Seridó.

 Fazenda Feitosa – São João do Sabugi – 130 mm

Sítio Mulunguzinho – Caicó – 91 mm

Sítio Juá debaixo – Caicó – 144 mm

Sítio Nova Olinda – Caicó 20 mm

Sítio Brejinho – São João do Sabugi – 130 mm

Ipueira – zona urbana – 105 mm

Boa Passagem – Caicó – 45 mm

Sítio Serrote do Tigre – Picuí – 6 mm

Sítio Manhoso – Caicó – 13 mm

Fazenda Monte Alegre – Carnaúba dos Dantas – 72 mm

Sítio Carcará – São João do Sabugi – 100 mm

Fazenda Mulungu – São João do Sabugi – 165 mm

Lagoa da Serra – 102 mm

Sítio Bestas Bravas – 35 mm

Sítio Barra do Riacho – Junco do Seridó – 15 mm

Bairro Penedo – Caicó – 40 mm

Serra Negra do Norte – 127 mm

Sítio Malhada da Pedra – Paulista/PB – 50 mm

Sítio Lagoa da Serra – Serra Negra do Norte – 120 mm

Sítio Saudade – 80 mm

Sítio Jerusalém – São João do Sabugi – 96 mm

Sítio Barra da Espingarda – 17 mm

Sítio Curral Queimado – Serra Negra do Norte – 115 mm

Sítio Logradouro dos Enéias – 110 mm

Sítio Riacho da Serra – Caicó – 15 mm

Bairro Paraíba – 42 mm

Sítio Buriti – Caicó – 15 mm

Timbaúba dos Batistas – zona urbana – 73 mm

Fazenda Bom Sucesso – 60 mm

Bairro Nova Caicó – 45 mm

Bairro Paulo VI – Caicó – 55 mm

Florânia – 15 mm

Sítio Varzea Redonda – 85 mm

Sítio Três Riachos -42 mm

Fazenda Herança – Caicó – 37 mm

Sítio Caibreira – São João Sabugi – 79 mm

Sítio Maravilha – Caicó – 115 mm

Sítio Mata Fome – São João do Sabugi – 100 mm

Chacará Vaca Brava – São João do Sabugi – 85 mm

São João do Sabugi – Zona Urbana – 110 mm

Sítio Riacho dos Cavalos – São João do Sabugi – 100 mm

Penitenciária Estadual do Seridó – 40 mm

Cohab – Jucurutu – 48 mm.


Por Sidney Silva/via blog do Robson Pires.


RN Registra oito hospitais públicos com leitos críticos para COVID-19 lotados.

 Leitos RN registra oito hospitais públicos com leitos críticos para COVID-19 lotados. Enquanto são registrados vários pontos de aglomerações em cidades como Natal, Tibau do Sul e Nísia Floresta, por exemplo, oito hospitais públicos do Rio Grande do Norte não têm mais vagas em leitos críticos para tratamento de pacientes com Covid-19. Os dados são da Secretaria Estadual de Saúde (Sesap), por meio do portal Regula RN.

Confira a lista de hospitais lotados no RN:

Hospital de Campanha de Natal – 100%

Hospital Giselda Trigueiro (Natal) – 100%

Manoel Lucas de Miranda (Guamaré) – 100%

Hospital Maternidade Divino Amor (Parnamirim) – 100%

Hospital Regional de João Câmara (João Câmara) – 100%

Hospital Regional Lindolfo Gomes Vidal (Santo Antônio) – 100%

Hospital Regional Nelson Inácio dos Santos (Assú) – 100%

Unidade Materno-Infantil Integrada de São Paulo do Potengi – 100%


Grande Ponto / Via Bog do Robson Pires.


Especial: Artigo do Deputado Estadual Francisco do PT.



Vacinação já - Inclusão dos Profissionais da Educação nos Grupos Prioritários.


Estamos a quase um ano da suspensão das atividades escolares presenciais. Na condição de professor, deputado/membro da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa/RN (presidi ano passado), acompanho o debate que regula medidas a serem adotadas para o retorno do funcionamento às aulas, sempre pautado nas exigências necessárias de segurança à vida. A discussão não deve se limitar aos que se colocam contra o retorno, nem tampouco os que querem a volta pela volta, sem exame apurado das reais condições sanitárias; refiro-me aos indicadores ainda assustadores, portanto, preocupantes de transmissibilidade; ocupação de leitos críticos e óbitos. Ano passado, discutimos os impactos negativos e as saídas para mitigar/diminuir os transtornos que a crise sanitária ocasiona na prestação do serviço da educação. Uma das saídas encontradas foi a realização de atividades remotas, que apesar das dificuldades é a alternativa viável diante da necessidade de isolamento imposto pela pandemia. Afinal, não estamos falando de um contingente qualquer. O universo de crianças, adolescentes, jovens e adultos/as matriculados/as nas redes pública e privada da educação básica abrange cerca de 820.000 mil de pessoas (estudantes) aqui no RN; e aproximadamente 50 milhões em âmbito nacional. Além dos profissionais, temos uma coletividade imensurável de adultos/as e idosos/as envolvidos/as nas atividades escolares, seja na condição de familiares, ou de prestadores/as de serviços indiretos. É primordial que as instituições de ensino estejam adaptadas aos protocolos de segurança para oferecer as possibilidades de atendimento sem maiores riscos de disseminação do vírus. Além do mais, a imunização dos profissionais sinaliza a priorização dada à educação e contribuirá para acelerar o retorno às atividades presenciais uma vez que, dois anos de escolas fechadas impactará de forma drástica na vida de crianças, jovens e adultos/as, especialmente os mais pobres e os que enfrentam dificuldades de conectividade. Essas são as razões pelas quais fizemos requerimento dirigido ao presidente da república solicitando a inclusão dos profissionais da educação nos grupos prioritários do Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid19. O requerimento é um instrumento que demonstra nossa preocupação e nos une em torno da campanha deflagrada em 14 de janeiro/2021 de iniciativa da Frente Parlamentar Mista da Educação no âmbito do Congresso Nacional, com adesão imediata da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação- CNTE a qual o Sindicato dos Trabalhadores/as em EducaçãoSINTE/RN é filiado, cuja pauta é a vacinação já para professores/as e funcionários/as das escolas. Registre-se o gesto de apoio da Governadora e professora Fátima Bezerra, enviando carta aos presidentes da Câmara Federal e do Senado, com vistas a aprovação da regulação que priorize a vacina para profissionais da educação. Cada vez mais tenho motivos para acreditar na educação como vetor de desenvolvimento com potencial para diminuir as desigualdades sociais, tão acentuadas nesse momento de crise sanitária, econômica e política. Também reconheço o compromisso das escolas e dos profissionais que se reinventaram em meio a pandemia e fizeram chegar aos estudantes, atividades não presenciais, ainda que constatemos as imensas dificuldades de acesso à tecnologia da informação. A sala de aula passou a ser o espaço doméstico, os/as professores/as e estudantes tiveram que aprender a utilizar os meios virtuais em substituição às aulas presenciais. O uso dos meios virtuais, recursos tecnológicos e as atividades impressas deram conta do cumprimento das atividades remotas para 84% dentre os 15.654 professores/as pesquisados/as pelo Grupo de Estudo Sobre Trabalho Docente- GESTRADO/UFMG em parceria com a CNTE; enquanto somente 31% dos/as entrevistados/as revelaram a disponibilidade do uso da tecnologia, aliada à formação. Esse dado é um demonstrativo do quanto as professoras e os professores foram determinados/as para reinventar caminhos e diminuir os prejuízos ocasionados pela suspensão das aulas presenciais, bem como, manter laços de aproximação com estudantes e familiares e o ritmo possível de aprendizagem. Podemos citar como exemplo dessa capacidade de reinvenção, a ação da Secretaria Estadual de Educação aqui do RN, que articulou diversas opções de acesso virtual, e há notícias de 75% do corpo estudantil beneficiário atendido; já os estudantes que não conseguem ter acesso às ferramentas digitais, são contemplados com atividades impressas. Esse esforço redobrado do poder executivo no âmbito estadual e municipal, em pareceria com as escolas, os profissionais e famílias, proporcionou uma cobertura, ainda que insuficiente, na rede pública de ensino. Claro que esse processo precisa ser retomado nos reencontros presenciais a

ser normalizado, a partir da vacina já e da garantia de segurança, acolhimento, aprendizagem, condições emocionais de toda a comunidade educacional dentre outras providências a serem adotadas nos ambientes de trabalho. Neste contexto de superação das redes públicas estaduais e municipais, nos inserimos a favor do fortalecimento da campanha de vacinação para profissionais da educação, portanto, pela vida com normalidade das atividades presenciais nas redes de ensino (principalmente as 5.597 redes públicas), com as condições de biossegurança que a Organização Mundial da Saúde preconiza. O governo federal com a função de formulação da política educacional e de proteção à saúde da população tem obrigação de reconhecer os esforços que estados e municípios desenvolvem junto as suas comunidades educacionais. Portanto, cuidar de imunizar profissionais da educação, uma fração maior que ¼ da população brasileira, deverá estar entre as prioridades do Plano, pela responsabilidade desse agrupamento que exerce um serviço público essencial e lida com uma parcela significativa da população. Se a educação é prioridade e a alternativa ora vivenciada não está dando conta de atender com qualidade a todos e todas, nada mais justo do que agilizar a aquisição de vacinas para suprir a necessidade do povo brasileiro que tem sido vítima do descuido com a

vida e como consequência aumentam as mortes em todo o país. Vacina Já em defesa da vida e da educação. 

Deputado Estadual Francisco do PT.

Governo do RN presta contas das suas ações na área da transparência pública.





Em 2020, no cenário da pandemia e os servidores tendo que se adaptar a trabalhar em casa, os pedidos de acesso à informação (com base na LAI) cresceram 55%, chegando a 1.976 registros. Poderiamos ter colapsado o serviço, mas o engajamento da equipe da transparência da Controladoria Geral do Estado e dos 112 servidores, em 44 órgãos,  que integram a rede e - Sic RN fizeram a diferença.

Concluímos o ano reduzindo o tempo de  resposta ao cidadão: 19 dias (em 2019 o tempo médio foi de 26 dias); apresentamos mais resolutividade  dentro do primeiro prazo legal estabelecido pela LAI, que é de 20 dias: 77,2% (em 2019 o indicador foi de 74,29%); e a satisfação do usuário aumentou: 57,26% responderem estar 'satisfatoriamente atendidos' (enquanto que em 2019 deram essa resposta 54,67%).

Destaca-se ainda que em 2020 o Governo do RN, na publicizacão dos números do coronavírus e gastos relacionados, obteve avaliações de ALTA TRANSPARÊNCIA em duas instituições internacionais: a Transparência Internacional e a OKBR. Nesta o RN chegou ter a 2a maior nota do Brasil, terminando o ciclo de avaliações com a 5a maior nota e classificado como o  9° estado da federação mais transparente do país.

Só temos a agradecer todos que fazem a transparência do Governo do RN e destacar também o papel da governadora Fátima Bezerra nos resultados, com seu engajamento pessoal junto aos gestores para melhorar sempre o atendimento ao cidadão.


 http://tribunadonorte.com.br/noticia/transpara-ncia-do-rn-ampliada-e-aprovada/502866.

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021

Mesmo sem carnaval, Secretaria de Segurança Pública mantém Operação Verão até o dia 17



Mesmo com o carnaval cancelado em virtude da pandemia do novo coronavírus, o Governo do Rio Grande do Norte manteve – conforme estratégia da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social – todo o planejamento original da Operação Verão 2021. Isso significa que, até a próxima quarta-feira, dia 17, está mantido o reforço policial extraordinário ao longo de todo o litoral potiguar. 

Em escalas de serviço extraordinário, estão sendo empregados aproximadamente 800 agentes de segurança, entre homens e mulheres da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Itep, Polícia Penal, além de servidores de várias áreas da administração estadual e de órgãos de fiscalização.

Para o pagamento das diárias operacionais e alimentação, o Governo do Estado está investindo aproximadamente R$ 7 milhões. 

*A Operação Verão* 

As responsabilidades de cada instituição na Operação Verão foram definidas a partir de explanações presididas pelo vice-governador Antenor Roberto, coordenador da Política Estadual de Segurança Pública do RN. 

Neste ano, além da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar e Instituto Técnico-Científico de Perícia, participam de forma integrada das ações de segurança pública agentes do Departamento Estadual de Trânsito do RN (DETRAN-RN), Departamento de Estradas de Rodagem do RN (DER-RN), Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do RN (IDEMA-RN), Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (SEAP) e Secretaria de Estado do Turismo (SETUR-RN). 

“Também é importante destacar o apoio da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, das Forças Armadas e ainda das guardas municipais, que sempre que acionadas estão prontas a somar todos os esforços possíveis para melhor servir o cidadão”, destacou o titular da SESED, coronel Francisco Araújo Silva. 

*Eventos proibidos e pontos facultativos suspensos*

Em razão do aumento nos números dos casos de Covid-19, o Governo do RN proibiu a realização de eventos de carnaval e suspendeu os pontos facultativos previstos para os dias 15, 16 e 17 de fevereiro em todos os órgãos administrativos do Estado. A decisão foi publicada na edição do Diário Oficial do Estado do último dia 2. 

"Ficam suspensas, em todo o Estado do Rio Grande do Norte, quaisquer festas ou eventos comemorativos de carnaval, incluindo prévias carnavalescas e similares, promovidos por entes públicos ou iniciativa privada", diz o decreto. 

A governadora Fátima Bezerra também vedou financiamento ou apoio do Estado a eventos e determinou reforço da fiscalização quanto à proibição da realização de festas e eventos, aglomerações e uso obrigatório de máscara.

Fonte: Governo do RN.

Deputado Francisco do PT alerta população para não cair em golpes envolvendo a CNH Popular




Em discurso em sessão na Assembleia Legislativa do RN, o deputado estadual Francisco do PT fez o alerta para que a população não caia em golpes envolvendo a CNH Popular.

O parlamentar tomou conhecimento de que circula “fake news” nas redes sociais sobre um possível cadastro para inscrição na CNH Popular, inclusive com cobrança de taxas. 

Francisco do PT ressaltou que o Governo do Estado “não cobrará valor algum para quem se inscrever na CNH Popular”. E aconselha: “Verifique sempre a veracidade das informações do que você recebe nas redes sociais”.

Parlamentar acrescentou que o processo de inscrição para a CNH Popular ainda não começou, portanto, qualquer link para cadastro no programa é golpe. “Quando as inscrições forem iniciadas o Detran vai informar, através da imprensa e dos seus canais oficiais de comunicação, como o candidato(a) deverá proceder”. 

*Em tempo*

A luta pela regulamentação da CNH Popular foi encabeçada pelo deputado Francisco do PT desde o início do seu mandato. O programa vai possibilitar a conquista da Carteira Nacional de Habilitação, totalmente gratuita, por parte de pessoas de baixa renda.

Fonte: Mandato do Deputado Francisco do PT.

Governo do Estado Paga 2,4 Milhões da Contrapartida do Garantia Safra 2019/2020.


 

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por intermédio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf), efetuou, nesta segunda- feira (08), o pagamento de R$ 2,4 milhões referente à contrapartida do Programa Garantia Safra 2019/20 a 119 municípios das regiões do Alto Oeste, Seridó, Assu/Mossoró, Apodi, Agreste, Mato grande, Potengi e Trairi. Com o repasse, cerca de 24 mil famílias de agricultores e agricultoras familiares poderão ser beneficiados com um valor de R$ 850 reais cada, caso seja comprovada a perda de pelo menos 50% da produção agrícola dos municípios em 2020.

O Garantia Safra é um seguro para as famílias de agricultores que vivem no Nordeste, Norte de Minas Gerais, Vale do Jequitinhonha e Espírito Santo. O agricultor familiar que adere ao programa, com renda de até 1,5 salários mínimos, tem a garantia de receber o seguro, que também é pago em caso de seca ou enchente. Os recursos são provenientes do Fundo Garantia Safra, formado por contribuições da União, estados, municípios e agricultores familiares. A União contribui com R$ 102,00; os estados com R$ 340,00; os municípios com R$ 51,00 e os agricultores com R$ 17,00.

Segundo o titular da Sedraf, o programa vem para assegurar uma renda mínima aos agricultores e agricultoras familiares que são do semiárido. O seguro é para quem plantou milho, feijão, mandioca, arroz e algodão.

Municípios aderidos

Região 1: Acari, Açu, Água Nova, Alexandria, Alto do Rodrigues, Antônio Martins, Apodi, Areia Branca, Augusto Severo, Baraúna, Bodó, Caicó, Caraúbas, Carnaúba dos Dantas, Carnaubais, Cerro Corá, Coronel João Pessoa, Currais Novos, Encanto, Equador, Florânia, Frutuoso Gomes, Governador Dix-Sept Rosado, Ipanguaçu, Ipueira, Itaú, Janduís, Jardim do Seridó, João Dias, José da Penha, Jucurutu, Lagoa Nova, Lucrécia, Luís Gomes, Major Sales, Marcelino Vieira, Martins, Messias Targino, Mossoró, Olho-d'Água do Borges, Ouro Branco, Paraú, Parelhas, Patu, Pau dos Ferros, Pendências, Pilões, Porto do Mangue, Rafael Fernandes, Rafael Godeiro, Riacho da Cruz, Riacho de Santana, Rodolfo Fernandes, Santana do Matos, Santana do Seridó, São Francisco do Oeste, São João do Sabugi, São Miguel, São Rafael, São Vicente, Serra do Mel, Serra Negra do Norte, Serrinha dos Pintos, Severiano Melo, Taboleiro Grande, Tenente Ananias, Tenente Laurentino Cruz, Timbaúba dos Batistas, Triunfo Potiguar, Umarizal, Upanema, Venha-Ver, Viçosa.

Região 2:

Afonso Bezerra, Angicos, Barcelona, Bento Fernandes, Bom Jesus, Caiçara do Rio do Vento, Campo Redondo, Coronel Ezequiel, Espírito Santo, Fernando Pedroza, Guamaré, Ielmo Marinho, Jaçanã, Japi, Jardim de Angicos, João Câmara, Lagoa de Velhos, Lajes, Lajes Pintadas, Macaíba, Monte das Gameleiras, Parazinho, Passa e Fica, Pedra Grande, Pedra Preta, Pedro Avelino, Pureza, Riachuelo, Ruy Barbosa, Santa Cruz, Santa Maria, Santo Antonio, São Bento do Norte, São Bento do Trairi, São José do Campestre, São Miguel do Gostoso, São Paulo do Potengi, São Pedro, São Tomé, Senador Elói de Souza, Serra Caiada, Serra de São Bento, Serrinha, Sítio Novo,Tangará,Touros.

Fonte: Blog Apodi Agora.

Deputado Francisco do PT pede ao Governo Federal inclusão de servidores da educação nos grupos de prioridade para vacinação contra a COVID-19



 O requerimento foi apresentado pelo deputado Francisco do PT na última  quinta-feira (4) pedindo que a categoria seja inclusa já na primeira fase da vacinação, argumentando que estudos científicos revelam que as crianças e os adolescentes são fortes vetores virais para o contágio das pessoas que se mantêm de quarentena, bem como da possibilidade de contágio dos profissionais da área da educação.

“Estamos todos ansiosos para ver as aulas voltarem de maneira presencial. Ninguém gosta de ver escolas fechadas, ainda mais quando se é apaixonado pela educação, assim como eu. Mas isso precisa acontecer de forma segura, preservando as vidas dos profissionais de educação e suas famílias, assim como dos estudantes e seus familiares”, comentou o deputado Francisco do PT ao falar sobre o requerimento apresentado por ele ao Governo Federal, pedindo a inclusão dos profissionais de educação nos grupos de prioridade para a vacinação contra a COVID-19.

“Quando mais cedo a vacinação chegar a esses profissionais, mais cedo as aulas poderão ser retomadas, de maneira segura. Precisamos ter esse apelo atendido”, concluiu o deputado.

Fonte: Mandato do Deputado Francisco do PT.

UERN lança edital com oferta de 500 bolsas de Auxílio Inclusão Digital para o semestre 2020.2



A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), por meio da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE), publicou na edição desta sexta-feira (05), do Jornal Oficial da FUERN (JOUERN), o Edital de abertura do processo seletivo para concessão do Auxílio Inclusão Digital. Esse Auxílio está inserido no Programa de Fomento às Ações de Assistência à Permanência Estudantil no Âmbito da Uern (Pro-Uern).

O Auxílio Inclusão Digital disponibilizará apoio financeiro a 500 estudantes de graduação presencial, devidamente matriculados em componentes curriculares ofertados pela UERN no semestre letivo 2020.2, que se encontrem em situação de comprovada vulnerabilidade socioeconômica, numa estratégia de combate à desigualdade social de acesso às ferramentas digitais no contexto de enfrentamento ao COVID-19.

O Auxílio Inclusão Digital disponibilizará apoio financeiro no valor de R$ 1.000,00 destinados ao custeio das despesas com aquisição de equipamentos de informática e contratação de serviços de internet, softwares ou qualquer outro item/serviço que proporcione a inclusão digital com a finalidade de garantir os meios necessários para que os discentes possam cursar os componentes curriculares ofertados no calendário acadêmico.

As inscrições podem ser feitas no período de 05 a 17 de fevereiro de 2021. Conforme o cronograma, o período para análise de documentos será nos dias 18 e 19 de fevereiro de 2021; já a avaliação Social será realizada de 18 de fevereiro a 05 de março de 2021; o resultado preliminar está previsto para o dia 12 de março de 2021 e o resultado final para o dia 19 de março de 2021.

Fonte: UERN.

Deputado Francisco do PT é o novo líder do Governo na Assembleia Legislativa



 A governadora Fátima Bezerra anunciou, nesta quarta-feira (03), em reunião com a bancada governista da Assembleia Legislativa, o nome do deputado estadual Francisco Medeiros (PT) como novo líder do Governo na Casa. O deputado George Soares (PL), que ocupava a função, assumirá a primeira secretaria da Mesa Diretora da ALRN.

“A partir de agora terei uma missão igualmente importante à frente da primeira secretaria e achei por bem conversar com a governadora para que fosse realizado um rodízio entre nós da bancada. E o nome que ela escolheu, do deputado Francisco, não poderia ser melhor indicado. Eu continuo fiel ao Governo e trabalhando na articulação política dentro da Assembleia”, disse George.

A governadora agradeceu a dedicação e lealdade do deputado George, do PL, no período em que ocupou a liderança e disse ter certeza que continuará contando com a sua experiência e capacidade de liderança nos projetos do governo que serão encaminhados à Casa Legislativa.

“Francisco é outro que dispensa comentários. Um parlamentar qualificado, ex-prefeito muito bem avaliado da cidade de Parelhas, e um deputado atuante, que conhece o estado e defende os interessantes da população”, acrescentou a governadora.

O deputado Francisco Medeiros agradeceu a confiança da governadora e dos colegas de bancada, disse reconhecer o importante trabalho de George na liderança e assinalou que encara o desafio como “uma importante missão para ajudar o povo do Rio Grande do Norte e fazer o Governo Fátima avançar cada dia mais”.

Fonte: Mandato do Dep. Francisco do PT.

Governo do Estado Lança o Programa RN+GRÃOS.




O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, fez o lançamento do Programa RN+Grãos, esse é um projeto de caráter inovador, viabilizado pelo Governo do RN por meio da SAPE e EMPARN. Objetivo é proporcionar uma parceria entre o governo e produtores rurais, além da indústria agrícola, para o cultivo de milho, do sorgo e até soja nas chamadas faixas litorâneas, áreas onde chove, mas não se tem um bom aproveitamento da terra para essa finalidade.

E para garantir sucesso nesta ação, o governo do estado vai cumprir a missão de identificar essas terras e proporcionar todo o acompanhando técnico aos produtores. "Quando esse projeto-piloto vingar, se Deus quiser, num futuro breve, nós estaremos construindo um ciclo de produção de grãos que tanto pode beneficiar a agricultura, quanto a pecuária", disse a governadora Fátima Bezerra. 

Fátima afirmou que essa é mais uma medida que demonstra o compromisso de gestão, com muita seriedade e planejamento, com a produção agrícola do nosso estado. Que, aliás, nunca teve tanta atenção como está tendo agora, disse.

O governo conclama todos os produtores e produtoras, agricultores e agricultoras, para que juntos, nós possamos traduzir o RN+Grãos em mais alimentos, mais cidadania e mais prosperidade para o RN.

Fonte: Redes Sociais da Governadora Fátima Bezerra.


Fotos: Elisa Elsie.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2021

Semana Pedagógica da Uern prepara retorno das aulas remotas


 

Diante da impossibilidade das atividades presenciais, o ensino remoto tem sido a saída para que os estudos não fiquem ainda mais prejudicados durante a pandemia. Além de oferecer condições, uma instituição de ensino precisa avaliar como o processo vem sendo aproveitado por professores e alunos. Ao longo desta semana, de 3 a 6 de fevereiro, a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) realizará sua Semana Pedagógica com uma série de atividades virtuais em preparação ao início de aulas remotas a partir do dia 8.

A reitora em exercício, professora Dra. Fátima Raquel Rosado Morais, classificou o evento como um momento ímpar para refletir o atual contexto em que vivemos, avaliar o que foi o semestre diferenciado 2020.1 e preparar o próximo semestre, invocando empatia, o se colocar no lugar do outro e que atenda às necessidades do ensino aprendizagem.

“Que todos os docentes, discentes e técnicos administrativos possam pensar esse formato [remoto] como um momento de muita aprendizagem, de resignação, perseverança, resiliência e transformação de cada um de nós. Que a gente possa crescer juntos nas nossas práticas, no nosso saber fazer, construindo conjuntamente a Universidade e melhorando cada vez mais nosso espaço de produção de conhecimento”, desejou a gestora.

Para Jandeson Dantas, subchefe de Gabinete da Reitoria, o evento é um momento que visa promover a formação continuada dos profissionais, através de diálogos pautados no Relatório geral de avaliação do ensino remoto referente ao semestre 2020.1, que afeta diretamente o processo de ensino e aprendizagem, possuindo como objetivo auxiliar o planejamento do semestre letivo 2020.2 a partir de segunda-feira que vem.

Em relação à programação, na palestra de abertura na quarta-feira, 3, “Avaliação da aprendizagem no ensino remoto: estratégias e protagonismo docente e discente”, as professoras Mayra Ribeiro e Regina Yang terão uma conversa com docentes e discentes da Uern sobre a função e a importância da avaliação em um processo de ensino-aprendizagem inspirado na mediação e na interação.

A palestra será transmitida a partir das 9h no canal UERN Oficial no YouTube.

Fonte: UERNBR.


segunda-feira, 1 de fevereiro de 2021

Vereador Marcondes do Sindicato Protocola Solicitação de Transparência na Saúde Pública de Patu-RN.



O vereador de Patu Marcondes do Sindicato protocolou, junto à Secretaria Municipal de Saúde, um ofício solicitando informações importantes sobre as ações da pasta no combate à Covid-19. A ideia de Marcondes é tomar conhecimento dessas informações para que possa contribuir de alguma forma, além de torná-las públicas para que qualquer cidadão saiba o que está sendo feito.

"Aqui em Patu nós temos uma falta de informação e transparência que prejudica muito a população. Por exemplo, ninguém sabe quem foram os primeiros vacinados contra a Covid, quantos testes o município ainda dispõe ou qual o plano de ação do município para enfrentar o vírus. Coisas que deveriam estar públicas e de fácil acesso, respeitando o princípio da transparência e da publicidade", comentou Marcondes.

Fonte: Mandato do Vereador Marcondes do Sindicato.

Governadora Fátima Bezerra Anuncia Concurso Público para o ITEP e Oficiais da PM



 A governadora Fátima Bezerra (PT) anunciou nesta segunda-feira (1) que vai abrir concurso público para o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) e para oficiais e médicos da Polícia Militar. O anúncio foi feito através das redes sociais. A data para o lançamento do edital ainda não foi divulgada.

Ao todo, serão 276 vagas para servidores do Itep, com salários que variam entre R$ 2.800 a R$ 7.400. Já para a Polícia Militar, serão 132 vagas para o quadro de oficiais e 79 vagas para o quadro médico.

Segundo o diretor do Itep, Marcos Brandão, esse concurso vai ser importante para uma estruturação do órgão sobretudo no interior do Rio Grande do Norte.

"Isso vai permitir uma reestruturação do Itep principalmente no interior, então a gente vai sanar as deficiências no Itep em relação ao plantão no interior, em relação à proximidade do Itep com a população do interior, que é muito importante. E ainda hoje é muito sofrida", disse.

"Então, isso vai ser uma grande conquista, uma conquista fundamental, principalmente considerando que, se a gente for pegar os cargos que estão ali no estatuto do Itep, só esse concurso abarca quase metade dos cargos previstos em lei. Então é de uma magnitude tremenda essa decisão".

Já o concurso público para o quadro de oficiais da Polícia Militar acontece após menos de três meses depois da formação de mais de 1 mil soldados e do início da nova turma com mais de 300 alunos. O último concurso para a PM havia acontecido em 2005.

"Serão 132 vagas para repor o quadro de oficiais combatentes da nossa Polícia Militar, bem como também 79 vagas de oficiais que vão complementar o quadro médico da Polícia Militar", disse a governadora Fátima Bezerra.

Fátima Bezerra lembrou ainda, durante o anúncio, da convocação de mais de 300 bombeiros militares aprovados em concurso, que aconteceu no fim do ano passado.

No ano passado, o governo do RN também lançou edital para o concurso da Polícia Civil, com 301 vagas. As provas e o curso de formação acontecem neste ano. O último concurso para o órgão havia acontecido em 2005.

Fonte. G1RN.