terça-feira, 27 de abril de 2021

Deputada Natália Bonavides denuncia ao Ministério Público o despejo de lixo em praias do RN




A deputada federal Natália Bonavides (PT/RN) entrou com representação no Ministério Público do Rio Grande Grande do Norte, ontem (26), para que seja investigada a origem do lixo que está chegando em diversas praias nos últimos dias, trazidos pelas correntes marítimas. Segundo informações, desde o dia 21 de abril de 2021, a chegada de lixo no litoral sul do Rio Grande do Norte passou a ser observada. Até sexta-feira, 23 de abril, autoridades e voluntários já recolheram toneladas de lixo nas praias de Nísia Floresta.

“Denunciamos esse dano ambiental e esperamos que a investigação seja iniciada. É urgente! Além disso, exigimos que o Governo Federal não seja omisso como foi no derramamento de óleo no Nordeste, que afetou milhares de famílias”, destacou a parlamentar.

Segundo reportagem publicada na Agência de Reportagem Saiba Mais, o problema não é novo, é a quantidade e a regularidade o que deixou os moradores ainda mais preocupados. Entre o lixo recolhido, foram encontrados potes e copos plásticos, sapatos e até mesmo lixo hospitalar, como seringas e ampolas de sangue.

Na representação, a parlamentar solicita que “que sejam tomadas as providências pertinentes com o intuito de apurar a responsabilidade pelos fatos narrados, bem como as medidas voltadas à devida responsabilização no âmbito civil, criminal e administrativo, nos termos da lei, além da reparação dos danos ambientais causados”.

Fonte: Mandato da Deputada Natália Bonavides.

Deputado Francisco do PT apresenta projeto para ampliar teste do pezinho no RN


 


O deputado estadual Francisco do PT protocolou na Assembleia

Legislativa do RN um projeto de lei que visa assegurar a todas as crianças nascidas nos hospitais, maternidades e demais estabelecimentos de atenção à saúde de gestantes da rede pública do Rio Grande do Norte, o direito ao teste de triagem neonatal, na sua modalidade ampliada.

 Segundo Francisco do PT, atualmente, o teste do pezinho (como é mais conhecido) disponibilizado na rede pública diagnostica apenas seis doenças e com a ampliação ele poderá identificar até 30 patologias. “Com essa ampliação será possível diagnosticar precocemente várias doenças, proporcionando um tratamento eficiente e imediato, o que por si só, contribuirá para o progresso da saúde pública do Estado e também resultará numa substancial racionalização dos gastos públicos com a assistência médicohospitalar, já que a maioria dos pacientes atingidos pelas doenças termina toda a sua vida sob os cuidados do SUS”.

Francisco do PT ressalta a importância do diagnóstico precoce. “O teste do pezinho é um exame simples, porém de grande importância para garantir o desenvolvimento saudável da criança. É uma ação preventiva que permite fazer o diagnóstico de diversas doenças congênitas complexas que podem não ter sintomas aparentes nos recém nascidos. O teste permite o tratamento precoce e a diminuição ou eliminação das sequelas associadas a essas doenças”.

O teste do pezinho ampliado vai tornar possível o diagnóstico precoce das seguintes patologias: Fenilcetonúria e outras aminoacidopatias, Hipertireoidismo congênito, Hiperplasia Adrenal, Galactosemia, Deficiência de Biotinidase, Toxoplasmose Congênita, Deficiência de G6PD, Fibrose Cística, Anemia Falciforme e outras Hemonoglobinopatias e Leucinos.

Fonte: Mandato do Deputado Francisco do PT.


segunda-feira, 26 de abril de 2021

Nesta Sexta Feira 30 de abril

 


Deputada Natália Bonavides solicita ao Ministério da Saúde a inclusão da população renal crônica em tratamento no Plano Nacional de Vacinação

 



A deputada federal Natália Bonavides (PT/RN) solicitou ao Ministério da Saúde a inclusão da população renal crônica em situação de hemodiálise e transplantados/as na atual fase do Plano Nacional de Imunização (PNI). Apesar do PNI reconhecer esse público como prioritário para a vacinação, eles não estão na fase inicial de imunização e é extremamente vulnerável a desenvolver complicações decorrentes do novo Coronavírus.

“Nos somamos à necessária e legítima luta da Associação Potiguar dos Renais Crônicos (APREC), bem como da Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN). A taxa de mortalidade na população dialítica, fora do contexto de pandemia, já é extremamente alta e com a Covid 19 esse quadro se agrava ainda mais, chegando a 25% dos infectados. A vacinação desse grupo é legítima e urgente”, destacou a parlamentar.

Segundo o censo realizado em 2020 pela Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), existem atualmente no Brasil 144 mil pacientes que estão em tratamento dialítico. São pacientes que realizam hemodiálise ou diálise peritoneal e precisam se expor cerca de três vezes por semana para realizarem a terapia renal.

O mandato da parlamentar também solicitou a Secretária de Saúde do Rio Grande do Norte (SESAP) o reforço nesse pedido junto ao Ministério.

Foto: Cleia Viana

Mandato Natália Bonavides

Contato: +55 84 98608 6814

Celinna Carvalho - assessora de imprensa

quarta-feira, 21 de abril de 2021

Especial: Você sabia que no estado do Ceará existe um Campo de Concentração com o nome de Patu?



No município de Senador Pompeu, estado do Ceará, na seca do ano de 1932 foi construído pelo Governo Federal, presidente Getúlio Vargas, um Campo de Concentração para confinar os milhares de flagelados da seca, e desta formar frear o avançado deles para a Capital Cearense.  

O único Campo de Concentração brasileiro, foi tombado como patrimônio histórico. A iniciativa partiu do Município de Senador Pompeu. O conjunto arquitetônico, localizado no entorno da cidade, onde foi construído o Açude Patu, situado em uma das áreas mais áridas do sertão cearense. O 'Campo de Concentração do Patu' foi utilizado na seca de 1932 para confinar retirantes que seguiam para a capital cearense, fugindo da seca e da fome. Naquela área, onde está localizado o açude Patu, milhares morreram de fome e se renderam à mortalha da cólera. Essa tragédia ocorreu pouco mais de uma década após o início da construção da barragem. 

Na década de 1930 o Governo da República instalou sete Campos de Concentrações de flagelados da seca no Ceará. Na capital foram dois, o do Matadouro e do Urubu; um em Ipu; um em Quixeramobim; um em Cariús e o Campo do Buriti, no município de Crato. O do Açude Patu, em Senador Pompeu, completa a lista.

O sarampo matou a maioria das crianças no campo. O paratifo, causado por piolhos, levou a raspar as cabeças de todos, homens e mulheres. As pessoas morriam de maus-tratos, de inanição e de disenteria. O Campo de Concentração do Patu perdurou até março de 1933.

No 'Campo de Concentração' do Patu, contou com uma população de aproximadamente 20 mil pessoas. E desses 20 mil, embora não haja registros oficiais, pois não se lavravam certidões de óbitos, a estimativa é que entre 8 mil e 12 mil pessoas morreram e foram enterradas em valas coletivas.

A mortandade foi tal, que os mortos foram enterrados no Cemitério da Barragem Patu, local improvisado como um sepulcro coletivo, onde inúmeras valas foram criadas e milhares de mortos postos lá. Por conta disso, o padre italiano Albino Donati criou, em 1982, quando era pároco da cidade, a Caminhada da Seca. Desde então, no segundo domingo de novembro, mais de cinco mil pessoas participam do cortejo, da Igreja Matriz de Nossa Senhora das Dores, até o campo santo, em memória das "Santas Almas da Barragem Patu". A caminhada também se transforma em uma mobilização social, por políticas públicas de convívio com a seca, um fenômeno natural que transcende o tempo.

Na região da bacia Hidrográfica do Banabuiú fica localizada a Serra do Patu e o Rio Patu que é afluente do Rio Banabuiú. A barragem  do Patu foi construída no leito do rio e abastece a cidade de Senador Pompeu.

  

Fonte: Alex Pimentel, regiao@verdesmares.com.br

Site   http://valdecyalves.blogspot.com/

Diário do Nordeste.

Casarão do Campo de Concentração Patu - Senador Pompeu-CE
Local da construção da Barragem Patu - Senador Pompeu-CE.
Serra Patu - Região da Bacia Hidrográfica Banabuiú
Casarão em ruínas
Cemitério do Campo de Concentração Patu, ao lado da barragem
Bacia Hidrográfica da Barragem Patu - Senador Pompeu-CE.

terça-feira, 20 de abril de 2021

Curiosidades sobre Patu RN

A energia a motor ficou em funcionamento em Patu até  o final dos anos 60, na época na administração do prefeito João Pereira de Araújo que no final do seu mandato deixou pronto os postes de cimento para a instalação da energia elétrica de Paulo Afonso (Geradora da Energia). Na gestão de  Lourival Rocha a energia elétrica foi inaugurada, teve direito  até uma festa baile para comemorar a chegada da luz. O baile aconteceu no Ginásio Comercial de Patu com animação de um grupo musical vindo de Mossoró.  O traje do baile foi esporte fino que contou com a presença de diversas autoridades, como por exemplo, a  do  governador do Rio Grande do Norte, Walfredo Gurgel. 

Quem esteve  presente neste baile deixe o seu comentário aqui.


Fonte: A Folha Patuense. 

Colaboração: Neide Feitosa.

Curiosidades sobre Patu RN

Feira Livre de Patu em Decadência. 

Com o surgimento das grandes redes de supermercados que vendem de tudo, incluído os chamados hortifrutigranjeiros, somando-se a falta de investimento e incentivo do poder público municipal, as feiras livres das pequenas cidades estão em  processo de extinção. Patu não é diferente. Essa imagem  é da feira livre de hoje (Sábado) 10 de abril de 2021, se resumindo a duas ou três barracas. No passado a feira livre ocupava várias ruas e travessas do centro da cidade com dezenas de barracas. As feiras das médias cidades como Caicó e Mossoró continuam fortes, resistindo ao tempo e às inovações comerciais.

 

Fonte: A Folha Patuense. 

Foto: Aluísio Dutra de Oliveira.

Curiosidades sobre Patu RN



Família de Patu possui restaurante de Sucesso em São  Paulo que leva o nome do Cangaceiro Jesuíno Brilhante. 


O jornalista Rodrigo Levino, filho do casal Batista (In memoriam) e Mirian Levino, possui um importante restaurante no Bairro Pinheiros, na capital paulista, denominado de Restaurante  Jesuíno Brilhante em homenagem ao cangaceiro Patuense. O requintado restaurante possui um excelente cardápio puramente regional com diversas comidas típicas aqui de nossa região, como carne de sol, queijo de coalho, paçoca, macaxeira porco de sol (inovação) entre outras delícias nordestinas.  

Seu Batista, tem origem em Messias Targino, comunidade rural Serra Preta. Em  Patu trabalhou no posto de Josemar Godeiro, com Van da Antártica e na Loja A Sertaneja de Radir Pereira, administrada por Edilson Dutra. Mirian Levino foi a primeira datilógrafa do Campus Avançado de Patu. O casal foi incentivado a entrar no Ramo de Restaurante e Churrascaria pelo Patuense Beto Godeiro, no qual  Mírian Levino  tem imensa gratidão pelo  incentivo. O casal Batista e Mirian residiu na cidade de Canguaretama e depois Caicó,  sendo eram proprietários da Churrascaria O Galileu. O casal foi residir em São  Paulo onde o filho Rodrigo Levino  já morava. Batista, como era mais conhecido, resolveu montar o restaurante Jesuíno Brilhante com comidas totalmente regionais, preparava uma carne de sol como só ele sabia fazer.  O restaurante é  um sucesso, já teve diversas reportagens na TV e redes sociais, (veja em anexo). Mirian  Levino disse que  o cardápio foi elaborado por ela que aprendeu com a sua mãe, dona Romana Olindina, da comunidade rural Passagem. O Restaurante Jesuíno Brilhante é  um pedacinho de Patu na maior capital do Brasil. 

Fonte:  Mirian Levino.


Batista


Mirian Levino e Batista

Vereador Marcondes do Sindicato Constata Abandono em Unidade de Saúde Pública de Patu RN



Na qualidade de representante do povo, exercendo mandato pela oposição, o vereador Marcondes do Sindicato, cumprindo  seu papel de fiscalizar, esteve visitando a sede da UBS do Conjunto Francisco Dantas para confirmar a informação de que a mais nova unidade de saúde do município estava fechada e abandonada. Mas, porque? Questiona o vereador Marcondes. A UBS foi criada pelo Executivo no dia 17 de dezembro do ano passado com o objetivo de atender aos moradores do Conjunto Francisco Dantas, porém mesmo com a equipe contratada, o que se vê é descaso. A população pede que seja colocada para funcionar e que, de fato, sirva aos patuenses.

"Nesse momento crítico na saúde, todo investimento é bem vindo. O que não podemos aceitar é que o município pague por um serviço que não está sendo prestado. A UBS deve estar aberta e realizando atendimentos. Por que não está?!", questiona o vereador Marcondes.

#Saude #Ubs #ConjuntoFranciscoDantas #Politica #MarcondesDoSindicato #Patu






Curiosidade sobre Patu RN



Torneio  Matutão 1972. "O dia da Guerra entre Torcedores de Pau dos Ferros x Patu". Quase que houve mortes.


O Torneio Matutão foi uma competição esportiva envolvendo equipes amadoras do Rio Grande do Norte, promovida pelo Diário de Natal. No ano de 1972 a Seleção de Patu disputou a semifinal com a equipe do Centenário de Pau dos Ferros. Aconteceram dois jogos, um em Patu e outro em Pau dos Ferros. No primeiro jogo realizado em Patu, placar 2x2, houve provocação dos torcedores de Patu que colocaram um despacho (Macumba) por trás da trave do goleiro de Pau dos Ferros. No segundo jogo em Pau dos Ferros, antes da partida começar, um torcedor de Pau dos Ferros trouxe um boneco com as características de um "Peba", ou seja, fazendo alusão a família Godeiro de Patu tem possui apelido de "Peba". Esse torcedor andava com esse Peba pelo campo zombando dos torcedores de Patu. Edmilson Godeiro, irmão de Maria Helena Godeiro, viu a cena e não gostou, foi lá e quebrou o boneco do torcedor e começou uma confusão. A seleção de Patu estava ganhando o jogo por 2x1 até o finalzinho da partida, e Pau dos Ferros se classificava pelo empate. O juiz marcou um pênalti aos 44 minutos do segundo tempo e Pau dos Ferros empatou o jogo e se classificou para a final do "Matutão" em Natal.  Os torcedores de Patu disseram que o pênalti não aconteceu e que o juiz favoreceu a equipe de Pau dos Ferros. Houve um tumulto muito grande, brigas e mais brigas, torcedores de Patu arrastaram armas, sendo os mais exaltados: Branco de Bidé, Edmilson Godeiro, Macaco de Dóro (Pai de Josa Kung Fú), Chico Piunga e outros. A polícia foi chamada para acalmar os ânimos. Os torcedores de Patu saíram escoltados pela polícia. O presidente da Seleção de Patu era Chico Calixta. Os principais atletas da seleção de Patu, aqui lembrados: Júnior (goleiro), Soldado Vital, Marcos do IBGE, Toinho de Mossoró, Quixadá, Elineudo de Mossoró, Soldado Aroldo e Washington, ex-centroavante do América de Natal.   Naquele ano de 1972 a equipe do Centenário de Pau dos Ferros foi Campeã do Matutão vencendo a equipe do Cruzeiro de Macaíba por 2x1 no Estádio Juvenal Lamartine.


Fonte: A Folha Patuense.

Com Informações de Jero de Branco de Bidé e Dr. Otoni Tomaz de Almeida.


O Centenário da cidade de Pau dos Ferros foi o Campeão daquela ano

Curiosidades sobre Patu RN

O cantor Agnaldo Timóteo, fez show em Patu RN no ano  1971. Ele se apresentou  na Boate Pântano. Devido os  equipamentos, tipo microfone e acessórios,  serem muito fracos,  Agnaldo Timóteo começou a cantar e já  na segunda música entregou o microfone e fez o show só no gogó. Ele se apresentou  próximo do público presente e agradou muito. Na época as coisas eram muito difíceis, os contratantes do cantor, Paulo e Josemar Godeiro, tinham que hospedar os artistas  famosos no Hospital Aderson Dutra, APAMI a exemplo de Agnaldo Timóteo,   Ângela  Maria, Valdick Soriano, Teixeirinha, Mary Teresinha  outros.


Fonte das Informações: Paulo Godeiro. 

Após denúncia da deputada Natália Bonavides, PGR abre investigação contra ministro de Bolsonaro



O procurador-geral da República, Augusto Aras, abriu investigação preliminar para analisar a conduta do advogado-geral da União, André Mendonça, que abriu inquéritos na Polícia Federal para supostamente intimidar opositores políticos do Governo Bolsonaro, inclusive fazendo uso da Lei de Segurança Nacional (LSN).

A investigação decorre de uma notícia-crime protocolada pela deputada federal Natália Bonavides (PT-RN), que pediu a investigação de Mendonça por crime de responsabilidade e abuso de autoridade quando era ministro da Justiça. A decisão foi comunicada ontem (16) ao Supremo Tribunal Federal (STF).

“Atendendo ao nosso pedido, a PGR vai abrir uma investigação para apurar condutas ilegais por parte do ex-ministro da Justiça do governo Bolsonaro. Este governo nunca escondeu sua inspiração autoritária. E o ministro André Mendonça tem cumprido esse papel de capanga de um governo autoritário que tem como meta, já anunciada na campanha, perseguir a oposição. Ao determinar a abertura de inquérito contra quem faz o exercício do direito à crítica, André Mendonça está cometendo crime, está participando da delinquência contumaz do governo Bolsonaro”, pontuou Bonavides.

O ex-ministro da Justiça já determinou a abertura de inquérito contra várias pessoas que criticaram o Governo Bolsonaro, inclusive contra Marcelo Feller, advogado e comentarista político, por ter atribuído ao presidente da República a responsabilidade pelas mortes por COVID-19.

Na notícia-crime, a parlamentar destaca que Mendonça além de abuso de autoridade, também pode ter cometido crimes de responsabilidade por intimidar opositores do governo e vetar o direito à crítica, utilizando inquéritos como uma forma de intimidar e impedir as pessoas de exercerem a liberdade de expressão.

Segundo Aras, “Eventual surgimento de indícios razoáveis de possível prática criminosa pelo noticiado ensejará, pois, a adoção das providências necessárias à persecução penal”.

Fonte: Mandato deputada Natália Bonavides.

Um Telefonema que salvou milhares de vidas no dia 1 de abril. Todos pensavam que era mentira e era verdade.

História da enchente de 1981 - Telefonema parecia não ser real.

Santa Cruz / RN - História da enchente de 1981.


Parecia uma brincadeira, uma mentira contada por uma pessoa que se divertia numa data considerada para muitos o dia da mentira.

Era o dia 1º de abril de 1981 numa pequena e pacata cidade do interior do Rio Grande do Norte, Campo Redondo cidade vizinha de Santa Cruz. Um telefonema parecia não ser real, mera fantasia neste dia chuvoso, que trazia em sua memória um fato, um acontecimento histórico. Uma jovem senhora, telefonista Maria de Fátima no seu horário de trabalho daquele dia memorável jamais poderia imaginar que seria naquela ocasião, uma heroína, uma solução para muitas vidas que estaria em perigo pelas águas que corriam no leito do rio Trairi.

Por volta das 17:30hrs deste dia 1º de abril de 1981, um telefonema dirigido ao prefeito Hildebrando da principal cidade da região Trairi seria o escape para milhares de vidas que seriam ceifadas pelo poder devastador das águas torrenciais que caíam sobre toda região Trairi, e em especial nos afluentes do rio que enchiam rapidamente o açude Mãe D’água em Campo Redondo, que o levou a sua capacidade máxima, não suportando tanta água, provocando um grande rompimento no centro de sua parede principal.

Após o grande estouro da parede, as águas desceram no leito do rio com grande poder de destruição, derrubando árvores, inundando ruas, derrubando paredes e levando tudo que estava a sua frente, até mesmo a única ponte de acesso a cidade de Campo Redondo, jogando-a a quase cinquenta metros de distância, pela sua pressão e força que se chocava ao encontro dela. Toneladas de concretos não puderam conter a força das águas do dia 1º de abril de 1981. Os braços poderosos das águas ergueram-na como se fosse um peso qualquer.

Diante de tudo isso, a cidade se mobiliza, as pessoas fogem de suas casas, tentam salvar o que podem, abandonam bens, animais são levados rio abaixo, pessoas se salvam agarradas em coqueiros, a inundação invade várias ruas, pessoas apavoradas, desabrigadas, sem rumo, sem teto. As águas desciam rio Trairi com sua força, sua braveza a procura de novas vítimas, mas o povo resiste a sua grande fúria e sobrevive.

Em Santa Cruz, o alerta já foi dado pela nossa heroína, a telefonista que mesmo desacreditada, insistiu tanto, que as autoridades resolveram avisar a população do perigo iminente, e assim famílias foram salvas de uma grande tragédia. Uma verdade, que poderia ser mentira, salvou milhares de pessoas na região Trairi: Campo Redondo e Santa Cruz jamais esquecerá esta data memorável de 1º de abril de 1981. hoje Maria de Fátima é professora.

Santa Cruz / RN - OpenBrasil.org


Comentários do Ex-prefeito de Santa Cruz RN.

Não morreu ninguém diretamente. Morreu um homem que foi tirar um caminhão caçamba que um poste havia caído e o cabo estava sobre o capu, morreu eletrocutado, um motorista que vinha chegando na cidade e tentou passar sobre a ponte do rio inhare que estava lavando por cima.

 Uma telefonista(posto da Telern, não tinha telefones nas residências) da cidade de Campo Redondo ligou pra Santa Cruz avisando que o açude de cidade havia estourado e as águas desciam pelo rio trairi em busca do açude de Santa Cruz que já estava cheio e fica antes da cidade. Então deu tempo de retirar as pessoas das casas localizadas nas partes baixas da cidade.

 O Governo Federal deu total apoio na época, enviando o Ministro Mário Andreaza a cidade. O Governador era Lavoisier Maia. Construíram 900 casa em 90 dias, em terreno doado pela igreja católica, onde hoje é o Conjunto Cônego Monte, que abriga o hospital Aluísio Bezerra.

 Santa Cruz era a única entrada de energia para o estado, de lá saía toda distribuição da energia do RN. Depois disso fizaram novas distribuição, por Assu, Mossoró e uma outra cidade que não recordo agora.

 Créditos a José Péricles ex-prefeito de Santa Cruz e Engenheiro Mecânico da SESAP.

Enviado por Giovane da Acup.










segunda-feira, 19 de abril de 2021

A História do Café de Dona Severina de Conegundes Hemetério.



Você frequentou o Café de Dona Severina de Conegundes Hemetério?


No passado bem distante, anos 60 e 70, funcionou em Patu RN  um café no centro da cidade  bastante frequentado pela população local  e da região. Era o Café Santa Clara de Dona Severina,  esposa do senhor  Conegundes Hemetério, grande comerciante da cidade. O Café de Dona Severina era o ponto de encontro de todas as faixas etárias, jovens , adultos e terceira idade. O Café ficava localizado à rua Capitão  José  Severino, onde hoje funciona a Loja,  "Casas Potiguar" de Francisco Alves Filho. Dona Severina vendia bolos, doces, bebidas,  e as famosas e deliciosas bolas de carne e   linguiça que só  ela sabia preparar.  Dona Severina abria o seu café por volta das 18 horas e fechava tarde da noite. O povo  comentava  que ela passava o dia dormindo e a noite estava no seu estabelecimento até altas horas. Na época as suas filhas adotivas,  Raimunda e Maura  ajudavam nos atendimentos e as netas Gianni e Gislânia ficavam dormindo no Café aguardando fechar o estabelecimento para Conegundes Hemetério deixá- las em casa.  Chico Conegundes  trabalhava na Loja com o pai adotivo Conegundes Hemetério. A juventude da época adorava o Café de Dona Severina, para se deliciar com os doces, tira gostos  e tomar uma cerveja gelada ao som de músicas que vinham de uma radiola. Na época um grande frequentador do café e bastante prestativo em ajudar a dona Severina era o senhor  conhecido como Tião. Depois de muitos anos de funcionamento e dona Severina ficando idosa, Chico Conegundes resolveu fechar o Café e ficar somente com o comércio  da loja. Se você lembra e frequentou o Café de  Dona Severina deixe o seu comentário. 

Fonte: Gianni Dias.

Neide Feitosa.  (Frequentava na época o Café).


Conegundes Hemetério e sua filha adotiva Maura.
Conegundes Hemetério Jovem
Conegundes Hemetério e Severina
Severina e seu violão
Severina e Chico Conegundes (filho adotivo)
Raimunda Dias filha adotiva do Casal 

Conegundes Hemetério e Severina.

Curiosidades sobre Patu RN

Há 20 anos era realizado em Patu o que ficou conhecido como "Carnaval da Corda". Em 2001 Patu passava por uma transição  política. Saía da administração, Dr Ednardo Moura e entrava o seu arquirrival Possidônio Queiroga. A gestão de  Possidônio resolveu inovar e no carnaval daquele ano introduziu um modelo diferente, nos moldes do Carnatal, com a contratação do  Trio Elétrico Xodó e Banda. Os foliões com os chamados "Abadás" brincavam dentro de um reservado, cercado por uma corda. O bloco político da oposição  observando aquela situação começou a criticar,  denominando de carnaval dos ricos, dos que podiam pagar e criaram o "Bloco dos Excluídos". Nos bastidores e de público as trocas de farpas aconteceram e não foram poucas, inclusive ocasionando a saída do comandante da Polícia Militar em virtude dos episódios. A experiência não foi boa e nos anos seguintes o carnaval voltou à moda antiga. Infelizmente a política mais uma vez,  e como de costume, infiltrada em todos os momentos do cotidiano patuense.

E lá se vão  20 anos.


Fonte: A Folha Patuense. 

Foto apenas ilustrativa.

Curiosidades sobre Patu RN

Até o ano de 1967 a posse dos vereadores do município de Patu acontecia na data de 31 de Março. Na época, o juiz eleitoral Dr Newton Pinto, antecipou a posse para o dia 31 de janeiro. Três vereadores não tomaram conhecimento da nova data e não foram empossados, foram eles: José Joaquim da Silva, Petronilo Hemetério Filho e Saulo Suassuna Barreto. Eles foram impedidos de tomar posse depois e com isso, se sentindo prejudicados, impetraram uma ação no Tribunal de Justiça que deu ganho de causa aos mesmos. A posse dos três vereadores aconteceu oito meses depois,  em 7 de setembro de  1967. 


Fonte: História do Município de Patu.

Autor: Petronilo Hemetério Filho. 

A Folha Patuense.

Curiosidades sobre Patu RN.


O Cangaceiro Jesuíno Brilhante faleceu no ano de 1879 através de emboscada  na localidade Palha, município de São José de Brejo do Cruz PB, conhecido como "São José dos Cacetes". Em 1883 o médico Almeda Castro  foi ao túmulo do cangaceiro e levou os restos mortais para Mossoró, ficando um tempo na sua residência, depois expostos nas  escolas: Grupo Escolar 30 de Setembro, Escola Normal e Colégio Diocesano. Depois os restos mortais foram levados para o Rio de Janeiro, ficando na responsabilidade do acervo museológico do médico psiquiatra Juliano Moreira. De lá  os restos mortais do Cangaceiro Jesuíno Brilhante sumiram e não se tem notícias.

Fonte: Cariri Cangaço.

Blog do José Mendes

Curiosidades sobre Patu RN

Em 11 de julho de 1961, foi instalada a Companhia de   Petrechos (armas e munições)  de Patu-RN. Seu primeiro comandante foi o segundo Tenente PM Virgílio Tavares da Silva – Tenente Tavares. O primeiro comandante da Cia de Polícia de Patu, hoje Coronel Virgílio Tavares da Silva.

Esse Ano a Cia de Polícia de Patu vai comemorar 60 anos.

Seu atual comandante é  o Capitão PM Júlio Batista.

Fonte: Livro A História de Patu: Petronilo Hemetério Filho.

Colaborador: Antônio Apolinário.


Curiosidades sobre Patu RN

N dia dia 05 de  Fevereiro  de 1965,  Padre Henrique  Spitz, concluía  a ladeira de acesso ao Santuário do Lima.  Quatro anos depois  foi inaugurado o templo, iniciando com a Igreja da parte térrea, no ano de 1969.

Fonte: Revista Roteiros de Patu.

Autor: Miguel Câmara Rocha.

quinta-feira, 15 de abril de 2021

Curiosidades sobre Patu RN

 No passado quem exercia a presidência das câmaras municipais era a pessoa do vice-prefeito, que sua vez não foram eleitos vereadores. No segundo semestre do ano de 1977 foi aprovada a Lei Federal  6.448, de  11 de outubro de 1977 que dispõe sobre a organização política e administrativa dos Municípios e dos Territórios Federais, dando direito ao presidente da Câmara Municipal ser eleito pelos seus pares. Em Patu, o primeiro presidente da Câmara Municipal, eleito pelos vereadores da sexta  Legislatura, foi o vereador  Petronilo  Hemetério Filho. 

Fonte: A Folha Patuense.

Luta de Francisco do PT: inscrições para a CNH Popular começam nesta sexta-feira (16)



Começam amanhã (16), via site do Detran (www.detran.rn.gov.br), as inscrições para a CNH Popular, que em 2021 vai contemplar 353 pessoas, um investimento do Governo do Estado na ordem de R$ 600 mil. O lançamento do programa foi realizado na quinta-feira (15), pela governadora Fátima Bezerra, e contou com a presença do deputado estadual Francisco do PT, além de secretários e demais gestores estaduais.

“É com o sentimento de muita alegria e de dever cumprido que vejo esse projeto sair do papel. Abraçamos a CNH Popular como uma das prioridades do nosso mandato por reconhecer o seu caráter social tão importante para o povo mais humilde”, comemora Francisco do PT, que trabalhou de forma incansável pela regulamentação desse projeto.

No lançamento, a governadora Fátima Bezerra fez questão de reconhecer a atuação do deputado Francisco do PT para que o projeto se tornasse realidade. “Foi o deputado Francisco do PT que por meio de requerimento nos trouxe essa solicitação para colocar em prática essa lei que estava engavetada há mais de uma década. Parabéns pela atuação e sensibilidade em prol do nosso povo”.

Em entrevista à imprensa, Francisco do PT detalhou o passo a passo e quem pode se inscrever para obter a carteira de motorista gratuita. “De 16 a 30 de abril estarão abertas as inscrições para a CNH Popular. O interessado deverá fazer o cadastro no site do Detran. Terão direito os beneficiários do Bolsa Família e de programas assistenciais do estado do RN, como agricultores familiares, pescadores artesanais, pequenos produtores rurais. A gratuidade, no entanto, não será concedida a quem tiver cometido infração penal na direção de veículo automotor, com condenação em sentença penal transitada em julgado”, explicou.

Serão 353 vagas, sendo 200 para 1ª Habilitação Categoria “A”, 111 para 1ª Habilitação Categoria “B”, 15 para Mudança de Categoria “C”, 15 vagas para Mudança de Categoria “D” e 12 para Mudança de Categoria “E”.

Fonte: Mandato do Deputado Francisco do PT.

Curiosidades Sobre Patu RN



A Boate Pântanos,  clube mais popular de Patu, comemora esse ano 50 anos de existência.  A inauguração aconteceu no dia 25 de maio de 1971 com grande festa, tendo como animação a Banda Uirapuru Zimbo da cidade de Sousa-PB. Os irmãos  Josemar e Paulo Godeiro foram os  idealizadores do Clube. O nome Boate Pântanos foi dado porque o clube foi construído em um local alagadiço, um verdadeiro Pântano. Ao lado passa um riacho que escoa água que vem das bandas da Serra do Patu.

Os 50 anos da Boate Pântanos devem ser comemorados, claro, depois da vacinação em massa  da população, com uma programação que contemple desde a velha guarda até os dias atuais.

Tai a Dica. !!!

Valeu!!!


Fonte: A Folha Patuense.