sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Fátima Lidera as Pesquisas para o Governo do RN


PESQUISA SETA/BLOGDOBG GOVERNO VOTOS VÁLIDOS: Fátima Bezerra tem 56% e Carlos Eduardo, 44%.

A candidata do PT ao Governo do RN, Fátima Bezerra, seria governadora eleita se a disputa fosse hoje, indica pesquisa SETA.

Ela tem 56% de votos válidos contra 44% do candidato do PDT, o ex-prefeito Carlos Eduardo Alves.

O levantamento com votos válidos desconsidera as intenções de branco e nulo e é a metodologia aplicada pela Justiça Eleitoral para o critério de eleição na divulgação.

A pesquisa foi realizada entre 13 e 15 de outubro e ouviu 1.300 eleitores em todas as regiões do Estado. A margem de erro do levantamento é de 3% e o intervalo de confiança é de 95%. O levantamento foi registrado sob os protocolos RN-00988/2018 e BR-08895/2018.



Ibope – RN, votos válidos: Fátima, 54%; Carlos Eduardo, 46%

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:
Fátima Bezerra (PT): 54%
Carlos Eduardo (PDT): 46%
Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no 2º turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.
Votos totais
Nos votos totais, os resultados foram os seguintes:
Fátima Bezerra (PT): 48%
Carlos Eduardo (PDT): 42%
Em branco/nulo: 8%
Não sabe: 2%

Cerca de 70 presidentes de Câmara vão declarar apoio a Fátima nesta sexta (19)



Um grupo de aproximadamente 70 presidentes de Câmara Municipal vão declarar apoio a candidatura de Fátima Bezerra nesta sexta-feira (19), em um evento realizado no Hotel Monza, as 10h.
O grupo foi formado pelo vereador Raniere Barbosa, presidente da Câmara Municipal de Natal e da Federação das Câmaras (Fecam), com outros presidentes mais próximos a ele.
O apoio, mesmo não sendo institucional, representa boa parte dos integrantes da Fecam

DEBATE DA BAND NATAL: Era melhor Carlos Eduardo não ter participado

Faz muitos anos que acompanho debates aqui no RN e nunca tinha visto uma superioridade tamanha quanto a da Senadora Fátima Bezerra frente ao ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves no debate da Band Natal realizado na noite desta quinta-feira nos estúdios da emissora.

Os próprio eleitores do ex-prefeito nos grupos de Whattsapp e até pessoas próximas da campanha não entenderam o desempenho do candidato e não sabem explicar.

O desempenho da senadora foi tão superior que era melhor o ex-prefeito não ter ido. O prefeito por três vezes, perdeu 1 minuto de tempo que ainda restava para responder as perguntas de tão perdido que estava e foi alertado as três vezes pelo apresentador, jornalista Diógenes Dantas. Carlos Eduardo ainda destacou que fez muito pela previdência dos servidores e destacou a reforma do prédio do NatalPrev.

Carlos Eduardo ainda esqueceu no debate de destacar o seu maior cabo eleitoral no estado nesta eleição de 2º turno, o presidenciável Jair Bolsonaro. Em 100 minutos de debate(1 hora e 40 minutos), ele veio falar em Bolsonaro nas considerações finais nos últimos 30 segundos.

Para completar, Fátima ainda cravou duas frases que rodam no zap zap desde então: “deixe de falsidade candidato, você é um menino mimado e não sabe o que é seca” e “deixe de falsidade Carlos Eduardo, você é um menino mimado, nunca andou de ônibus, vivia no Rio de Janeiro”.


segunda-feira, 15 de outubro de 2018

terça-feira, 9 de outubro de 2018

O Partido dos Trabalhadores será a Maior Bancada na Câmara Fedral

Depois das eleições deste domingo (7), o Partido dos Trabalhadores (PT) conseguiu eleger um número suficiente de deputados federais que o credenciam a ser a maior bancada da Câmara Federal. O partido do ex-presidente Lula e de Fernando Haddad terá, a partir de 2019, 57 deputados no Congresso Nacional.

O partido do oponente de Haddad no segundo turno da eleição presidencial, o PSL do capitão da reserva Jair Bolsonaro, que teve apenas um em 2014, dessa vez conseguiu eleger 52 deputados.

Uma das maiores derrotas nesse processo eleitoral foi protagonizada pelo PSDB. A bancada dos tucanos, que elegeu 53 parlamentares em 2014, perdeu nada menos do que 23 deputados. A partir do próximo ano, será somente a oitava bancada, com apenas 30 deputados.

Assembleia Legislativa do RN ganha 9 deputados novos

Das 24 cadeiras da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, nove serão ocupadas a partir de 2019 por novos legisladores eleitos nas eleições deste domingo (7).

Com exceção de Fernando Mineiro (PT) que se candidatou a deputado federal, todos os outros se candidataram à reeleição, mas apenas 15 conseguiram.

Candidatos têm 20 dias para campanha, de olho no segundo turno


Mal terminou a apuração dos votos do primeiro turno das eleições, o tempo começa a correr para os candidatos que disputarão o segundo turno no dia 28.
São apenas 20 dias de campanha. No entanto, o calendário eleitoral é rígido: é preciso hoje (8) esperar 24  horas do encerramento da votação (17 h de ontem) para reiniciar propaganda e divulgações.

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Faltam 11 dias: confira as diferenças entre os sistemas majoritário e proporcional

Os candidatos que concorrem às eleições no Brasil, dependendo do cargo em disputa, são eleitos por meio de dois sistemas diferentes: o majoritário e o proporcional. Aqueles que almejam cargos como o de presidente da República, governador de Estado, prefeito e senador elegem-se pelo sistema majoritário.

Já os candidatos que concorrem a deputado federal, estadual/distrital e a vereador obtêm seus mandatos mediante o sistema proporcional.
Nos pleitos pelo sistema majoritário, é eleito o candidato que obtém o maior número de votos válidos, ou seja, aqueles dados aos concorrentes ao cargo, excluídos os votos em branco e os nulos. No caso das eleições para a Presidência da República e para governador de Estado, se nenhum dos candidatos alcançar metade mais um (maioria absoluta) dos votos válidos em primeiro turno, a legislação determina que os dois mais votados disputem um segundo turno, sendo eleito o que obtiver, nessa nova etapa, a preferência do eleitorado. Ou seja, o maior número de votos válidos.
Nas Eleições Gerais deste ano, o pleito ocorrerá no dia 7 de outubro e, se houver necessidade de segundo turno, no dia 28 de outubro.
Grande parte das eleições para prefeito, que ocorrem também pelo sistema majoritário, é definida no primeiro turno da eleição, sendo escolhido o candidato mais votado (por maioria simples) para o cargo. O segundo turno só acontece nos municípios com mais de 200 mil eleitores, quando nenhum dos candidatos consegue metade mais um dos votos válidos no primeiro turno. Nesse caso, os dois candidatos mais votados disputam o segundo turno. Nas eleições de 2016, 55 cidades do país realizaram segundo turno para eleger seus prefeitos.
Também no pleito majoritário para o Senado Federal é eleito o candidato que recebe o maior número de votos válidos. Nas eleições de 2018, cada um dos 26 estados mais o Distrito Federal elegerá dois senadores, totalizando 54 vagas em disputa no país. Ou seja, os dois candidatos mais votados para o cargo em cada estado e no DF serão os eleitos no dia 7 de outubro. Não há segundo turno numa eleição para senador.
As eleições de 2018 são presidenciais e para as chefias dos Executivos estaduais, bem como para os Legislativos federal, estaduais e distrital. Além disso, serão realizados 21 pleitos municipais em nove estados (AM, CE, GO, MA, MT, RJ, RS, SC e SP) no dia 28 de outubro. São as chamadas eleições suplementares, que ocorrem quando o pleito regular é anulado por decisão da Justiça Eleitoral.
Sistema proporcional
Por sua vez, nas eleições pelo sistema proporcional, ou seja, de deputado federal, deputado estadual/distrital e vereador, é o partido/coligação que recebe as vagas, e não o candidato. No caso, o eleitor escolhe seu candidato entre aqueles apresentados por um partido político ou coligação.
Com relação às coligações, elas apresentam lista única com o nome de todos os candidatos dos vários partidos que a compõem. Porém, quando diversos partidos formam uma coligação (que passa a ser tratada legalmente como se fosse um partido único), não é criada uma legenda própria (ou um número que represente a coligação inteira). Nela, os partidos conservam a sua nomenclatura e seus números próprios.
No entanto, os eleitores que votam no número de seu partido em eleição pelo sistema proporcional emprestam seus votos para a coligação a que a legenda pertencer. Isso porque o cálculo do quociente eleitoral é feito com base em todos os votos recebidos pelos candidatos e pelos partidos que compõem a coligação.
Voto legenda
O voto em legenda pode ser dado ao partido somente no sistema proporcional. Se o eleitor desejar votar apenas no partido, sem especificar qual dos candidatos da legenda ele busca eleger, basta ele digitar os dois primeiros algarismos do número do candidato, que representam justamente o número da agremiação política.

A totalização dos votos no sistema proporcional adotado pelo Brasil e sua transformação em vagas nas casas legislativas ocorrem em etapas. Calcula-se, primeiramente, o quociente eleitoral (artigo 106 do Código Eleitoral). Na sequência, o quociente partidário (artigo 107 do Código Eleitoral). Por fim, faz-se, se necessário, a repartição dos restos eleitorais (artigo 109 do Código Eleitoral). Somente o partido – ou a coligação – que alcançar um número mínimo de votos tem o direito de obter vaga na Casa Legislativa. Isso explica o fato de, às vezes, um candidato receber muitos votos, mas não ser eleito porque seu partido não atingiu o número mínimo de votos necessários no cálculo do quociente eleitoral.

Candidatura de Bernardo Amorim ganha força no Oeste

O médico e candidato a deputado estadual pelo AVANTE Bernardo Amorim participou de grande mobilização em Olho D’água do Borges.

“Sentimos mais uma vez a vontade do povo em votar em um representante da região Oeste, que está sempre presente pra cuidar da gente como médico e agora como futuro deputado estadual”, disseram eleitores.

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

IBOPE: Bolsonaro, 28%; Haddad, 19%; Ciro, 11%; Alckmin, 7%; Marina, 6%

Ibope divulgou nesta terça-feira (18) o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. A pesquisa ouviu 2.506 eleitores entre domingo (16) e terça-feira (18).

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.
Resultados
Jair Bolsonaro (PSL): 28%
Fernando Haddad (PT): 19%
Ciro Gomes (PDT): 11%
Geraldo Alckmin (PSDB): 7%
Marina Silva (Rede): 6%
Alvaro Dias (Podemos): 2%
João Amoêdo (Novo): 2%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Cabo Daciolo (Patriota): 1%
Vera Lúcia (PSTU): 0%
Guilherme Boulos (PSOL): 0%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Eymael (DC): 0%
Branco/nulos: 14%
Não sabe/não respondeu: 7%
Sobre a pesquisa
A pesquisa Ibop foi contratada pela TV Globo e O Estado de S. Paulo. A coleta dos dados aconteceu entre os dias 16 e 18 de setembro com 2.506 eleitores em 177 municípios. Ela foi calculada com margem de erro 2% para mais ou para menos e com nível de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-09678/2018.

Sobre o Segundo Turno.

Segundo o Ibope, Jair Bolsonaro aparece empatado em diferentes cenários de segundo turno: com Fernando Haddad (ambos com 40%), Geraldo Alckmin (ambos com 38%) e Ciro Gomes (40% Ciro x 39% Bolsonaro).
No cenário com Marina Silva, o presidenciável do PSL vence com 41% a 36%.

sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Pesquisa SETA para o senado: Brancos, nulos e ninguém são 84%. 42% não souberam

Pesquisa divulgada pelo Instituto SETA aponta o seguinte resultado na soma total de votos para o senado se as eleições fossem hoje:

Styvenson Valentim 21% 
Zenaide Maia 15%,
Garibaldi Alves com 14%.
Geraldo Melo alcanço 10% e Antônio Jácome 5%. Alexandre Motta e Magnólia Figueiredo têm 2% cada.
Brancos, nulos e ninguém são 84% e 42% não souberam ou não quiseram responder.

Pesquisa SETA (Estimulada): Fátima 32%, Carlos 16% e Robinson 12%

Pesquisa divulgada pelo Instituto SETA aponta o seguinte resultado na soma total de votos para o governo do Estado se as eleições fossem hoje na ESTIMULADA:

Fátima Bezerra  32%
Carlos Eduardo Alves aparece com 16%
Robinson Faria com 12%.
Brenno Queiroga e Heró Bezerra 1%
Brancos, nulos e ninguém somaram 32% e 6% não souberam ou não quiseram responder.

Pesquisa SETA (ESPONTÂNEA): Fátima 18%, Carlos 10% e Robinson 5%

Pesquisa divulgada pelo Instituto SETA aponta o seguinte resultado na soma total de votos para o governo do Estado se as eleições fossem hoje na ESPONTÂNEA:

Fátima Bezerra 18% 
Carlos Eduardo Alves 10% 
Robinson Faria 5%
Outros candidatos marcaram juntos 2%.
Brancos, nulos e ninguém são 30% e 35% não souberam ou não quiseram responder.
A pesquisa foi realizada entre os dias 7 e 9 de setembro. Foram ouvidos 1.300 eleitores em todas a regiões do Estado. A margem de erro é de 3% e o intervalo de confiança é de 95%. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral sob os protocolos BR-02681/2018 e RN-07553/2018.

Pesquisa SETA: Gestão de Robinson é desaprovada por 76%

A administração do governador do Rio Grande do Norte Robinson Faria é desaprovada por 76% dos eleitores, indica pesquisa do Instituto SETA publicada hoje (14).

Tem 15%  de aprovação
Já 9% não souberam ou não quiseram responder.

Pesquisa SETA: Robinson é o candidato ao governo mais rejeitado

O candidato a governador do Rio Grande do Norte Robinson Faria é o mais rejeitado entre candidatos com 27% dos eleitores. Foi o que indicou pesquisa do Instituto SETA publicada hoje (14).

Depois vem:
Fátima Bezerra 8%
Carlos Eduardo 5%
Brancos, nulos e ninguém são 28% e 27% não souberam ou não quiseram responder.

Vacinação: campanha contra pólio e sarampo termina hoje

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo termina hoje (14) em todo o país. De acordo com os últimos dados divulgados pelo Ministério da Saúde, cerca de 800 mil crianças ainda não tomaram as vacinas contra as duas doenças. Todas as crianças de 1 ano a menores de 5 anos devem se vacinar independentemente da situação vacinal.
Na faixa etária de 3 e 4 anos, a cobertura vacinal está acima da meta, com 96,95% para sarampo e 95,44% para poliomielite. A maior preocupação do Ministério da Saúde é com a faixa de 1 ano de idade, cuja cobertura ainda está em 85,45%. No total, mais de 10 milhões de crianças foram vacinadas com mais de 22 milhões de doses. A média nacional de cobertura de vacinação em sarampo está em 94,7% e em poliomielite, 93,6%.

Patu Recebeu a Caravana do Coração Fátima Governadora 13

A Caravana do Coração com Fátima Bezerra, Antenor Roberto, Zenaide, Alexandre Motta, Caramuru Paiva e demais candidatos do PT esteve em Patu no último sábado (09/09) fazendo uma grande mobilização na cidade. A caravana de Fátima Governadora 13 passou pelas principais ruas e bairros da cidade fazendo um arrastão que vai mudar o nosso Rio Grande do Norte. Ao longo do percurso várias faixas foram fixadas em pontos estratégicos, com solicitações de ações, "políticas públicas" a serem desenvolvidas pelo governo Fátima. A caravana do Coração, Fátima 13, contou com a participação de várias lideranças da cidade de Patu, onde podemos destacar: Atimar Godeiro, Aluísio Dutra, Evandro Moura, Kaká de Bodinho, Marcondes do Sindicato, Ex-vereador Bodinho, Marília Gabriela, Isabela Clemente, Zilklênio Azevedo, Ricardo Veriano, Atson Suassuna, Dr Rodrigues "Kavéi", Djalma Carlos entre outras.
Defronte ao Campus Avançado de Patu, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, foi fixada uma faixa solicitando o fortalecimento da instituição, com mais apoio para a UERN. Fátima Bezerra viu a faixa e desceu do carro, pegou a faixa e saiu caminhando pela avenida, ao lado do povo, confirmando o seu apoio para a universidade do Estado que necessita de investimentos por parte do governo do estado para manter a sua política educacional de ensino superior, de formar, principalmente, estudantes carentes de toda região.







segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Na Pesquisa Consult Caramuru está entre os 8 Mais citados.

Nova pesquisa divulgada pelo o blog BG, o candidato a deputado federal Caramuru Paiva novamente surpreende com seu desempenho e fica entre os oitos principais intenções de votos no Rio Grande do Norte.
A campanha de Caramuru Paiva tem surpreendido dia a dia na medida em que representa o desejo e a agenda principalmente dos municípios do interior do estado. Dessa forma, as adesões tem crescido nas regiões como recentemente na Caravana do Coração do Oeste quando percorreram mais de 30 municípios na companhia da candidata a governadora Fátima Bezerra e o respalde da população foi muito favorável. O mesmo acontece no Seridó e outras partes do RN.
A futura governadora Fátima Bezerra em discurso no comício na cidade de Olho D’água dos Borges explicou alguns motivos que fazem a campanha de Caramuru está sempre crescendo. “Caramuru já fez muito pelo interior do estado quando serviu a população através dos governos do Presidente Lula e da presidenta Dilma e também ao meu lado contribuindo como assessor da minha equipe do mandato. Caramuru conhece muito o Rio Grande do Norte e a Vitória dele trará grandes conquistas para o nosso estado”, disse Fátima Bezerra.
A pesquisa foi realizada de 4 a 7 de setembro em todas as 12 regiões do Estado. Foram feitas 1.700 entrevistas com margem de erro de 2,3%. O protocolo de registro no TSE é o 08648/2018.
Fonte: Blogo do BG.

segunda-feira, 3 de setembro de 2018

A Cultura Brasileira de Luto

Triste realidade: A Memória do Brasil pegou fogo.

Uma parte da História do Brasil/
Virou cinzas, o fogo debelou/
É  muito triste ver essa situação/
Todo acervo num instante evaporou/
Veja aí o tratamento que era dado/
O orçamento ano a ano cai um bocado/
O Museu Nacional se acabou.

Autor: Aluísio Dutra de Oliveira.


sexta-feira, 31 de agosto de 2018

O PT em Patu Apoia e Vota na seguinte Chapa








Reajuste dos juízes enfrenta agora polêmica do auxílio-alimentação

A solução articulada pelo ministro Dias Toffoli, do STF (Supremo Tribunal Federal), para garantir o reajuste salarial de 16,38%para magistrados em troca do fim do auxílio-moradia deve passar por uma ação que discute no tribunal um outro benefício, o auxílio-alimentação.

A ação sobre o auxílio-alimentação está na pauta de julgamentos do dia 12 de setembro. Trata-se da ADI (Ação Direta de Inconstitucionalidade) 4822. Sua análise começou em 2013 e será retomada no voto de Toffoli, que pediu vista naquele ano.
Essa saída está em estudo no Supremo porque o ministro Luiz Fux, que é o relator das ações que tratam do auxílio-moradia, tem indicado que pode não levá-las a julgamento em breve.
Na quarta-feira (29), integrantes do governo federal e do Judiciário informaram que Toffoli e Fux se comprometeram, em reunião com o presidente Michel Temer, a extinguir o auxílio-moradia irrestrito que hoje é pago a toda a magistratura.

Petrobras anuncia reajuste de 13% no preço do diesel nas refinarias

A Petrobras anunciou nesta sexta-feira (31) reajuste de 13,03% no preço médio do diesel praticado pela estatal nas refinarias. O preço do litro subirá de R$ 2,0316 para R$ 2,2964.


A população de Severiano Melo (RN) é menor que os eleitores

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) identificou que em 308 cidades do Brasil o número de eleitores é maior que o de habitantes, considerando a estimativa populacional. Metade dos municípios onde ocorre a inversão está em Minas Gerais, no Rio Grande do Sul e em Goiás e todos são de pequeno porte, segundo levantamento feito pela Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Severiano Melo (RN) é uma delas. O número de eleitores é bem maior do que a população. A disparidade entre eleitores e residentes também é maior do que 3,2 mil.
Fonte: Blog do Robson Pires.

terça-feira, 28 de agosto de 2018

A História de Pedrinho da Padaria.

Pedro Rufino Filho, nasceu no dia 29 de novembro de 1935, ao pé da serra da cidade de Martins-RN, filho do casal Pedro Rufino de Barros e Santina Almeida Costa, de quem ganhou como irmãos Francisco e Horlando (In memoriam), José Rufino, João Almeida, Nelsinho, Terezinha, Ritinha e Maricô, aos quais ele amou intensamente sem fazer distinção. Viveu sua infância na região de Almino Afonso, sendo alfabetizado, período que aproveitou para aprontar suas peraltices de criança, como ele próprio costumava recordar falando de suas memórias aos filhos, sempre enfatizando que ao aprontar suas presepadas não poupava nem mesmo as professoras. Quando jovem era um rapaz de muitos amigos, dentre os quais destacava o senhor, Gilvan Belo. Nunca dispensava um bom forró, o que sempre fez crer, pelo seu jeito boêmio de ser. Entretanto, paralelo as suas peraltices de infância e sua boemia juvenil, estava presente o trabalho árduo, causa que abraçou ainda na infância ao lado de seu pai e seus irmãos. 
Iniciou sua vida de trabalho com a prática da agricultura, mas ainda muito cedo assumiu o ofício de padeiro, profissão que ele honrou até o último momento de sua vida. Nessa área foi sempre um profissional insuperável e inigualável, tanto é que, ainda hoje em Patu, não se produz massa com a qualidade como ele produzia, apesar de trabalhar com equipamentos tão rudimentares, que ele próprio denominava de gangorra. Ainda muito jovem, aos 21 anos de idade conheceu uma linda jovem alminoafonsense, chamada Lindalva, por quem se apaixonou e casou, a quem carinhosamente a tratava por “Meu Bem”, com ela conviveu harmoniosamente e amorosamente durante 48 anos de sua existência, com quem concebeu, segundo ele sete maravilhosos filhos. Sendo sua primogênita, Aparecida, casada com Luiz Gomes da Silva, conhecido por (Lula) que também partiu cedo desta vida, deixando desta união três filhos, Luiz, Pedro e Paulo Wictor, casado com Denise Laiara, que tiveram Luiz Felipe e Lucas Miguel (bisnetos). Sua segunda filha foi Linderlan, que casou com José Maria e tiveram 2 filhos, Ana Lígia e João Pedro. A terceira filha é Linderleide, conhecida carinhosamente por todos como “Leleida” que casou com Neto de Abigail e tiveram três filhos, Clara, que foi sua primeira neta, Cássio e Cilas. A quarta filha é Lindinalva, que casou com Preto, e desta união nasceu Pedro Lucas. Finalmente, na quinta tentativa, nasceu seu único esperado filho homem, Linaldo, casado com Sandra, pai de Gabriel. Em seguida nasce sua sexta filha, Márcia, que casou com Erismar e tiveram, Eliézio Neto, Érica e Évilin. Encerrando sua prole, nasceu Maria de Fátima, casada com Hélio Azevedo, que tiveram Ana Clara e Pedro Cauã.
Como ele amou todos os seus filhos, tanto é, que vivia a repetir “ Meus filhos são a minha maior riqueza”. Talvez por isso seja tão difícil falar de sua pessoa. Dizer que foi um pai amoroso, dedicado e carinhoso, é verdade, mas é pouco se considerarmos a imensidão do amor que demonstrava sentir por todos os filhos, pois viveu cada instante da sua vida em função da sua família. Pedrinho da Padaria trabalhava continuamente, fazendo da sua labuta momento prazeroso, ao irradiar alegria no seu ambiente de trabalho, quando cantava, tirava repente ou fazia piada com seus ajudantes. Como esposo foi um exemplo de companheirismo, respeito e dedicação, sem nada deixar a desejar ao seu bem querer, como fazia questão de frisar quando se dirigia a sua amada. Na cidade de Patu, viveu a maior parte de seus dias, foi nessa cidade que criou e educou seus sete filhos, com total integridade, transmitindo aos mesmos valores como honestidade, fidelidade e respeito ao próximo. Apesar de toda dedicação que teve para com sua família, não lhe faltou tempo para cultivar grandes amizades e pequenos hábitos que marcaram profundamente a vida de todos da família. Gostava de visitar a estação ferroviária de Patu, aguardar a passagem do trem, bem como os banhos aos domingos no açude de “Ozim”, as seções de cinema e as partidas de futebol, que nunca perdeu uma sequer, fosse no campo do “Godeirão” ou na Boate Pântano, onde chegou a ir alguns carnavais. A marca mais profunda que ele deixou foi o espaço da calcada de sua casa na avenida Lauro Maia, onde em sua cadeira de balanço sentava todas as manhãs a espera de seus amigos, dentre eles Dami e o compadre Miga para com eles recordar suas boas lembranças.
 Era também nessa calçada que ele contava suas inúmeras histórias de vida, onde muitas vezes fazia rir e chorar mostrando aos filhos quantas dificuldades enfrentou por amor a todos eles. Pedrinho era simples e humano, quanta fome saciou das pessoas mais humildes, pois esteve sempre a dividir seu pão com quem necessitasse. Sua bondade infinita o transformou em um grande homem, é por isso que seus filhos sentem orgulho de serem filhos de Pedrinho da Padaria. Todos sabem que foi por amor a essa pessoa tão especial que no dia 2 de outubro de 2005, às 6 da manhã, de um dia de domingo, e de uma maneira tão tranquila e serena que Jesus veio lhe buscar. A sua família sente e sofre a sua falta, a saudade aperta o peito de todos da família, atingindo a alma. Sabemos que seu Pedrinho da Padaria cumpriu sua missão entre os homens e que hoje ele repousa em paz ao lado dos seus pais e irmãos e sua família continua vivendo alicerçada nos princípios e valores que ele ensinou. Portanto aqui foi um pouco da história de um grande homem que fixou morada em Patu, criou a sua família como muito amor e carinho, exerceu a profissão de padreiro durante muitos, considerado um homem de respeito e humano para com o próximo, merecendo fazer parte da história do nosso município.

Reportagem de Aluísio Dutra de Oliveira.
Texto: Linderleide Almeida.
Fotos: Cedidas pela família.




Pedrinho da Padaria com a família reunida


segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Aposentados do INSS começam a receber 1ª parcela do 13º

De acordo com a Secretaria de Previdência, o depósito será feito junto com a folha mensal de pagamentos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) até 10 de setembro, conforme a Tabela de Pagamentos de Benefícios 2018.

A estimativa é de que essa antecipação injete na economia do país R$ 20,7 bilhões em agosto e setembro. Segundo o INSS, 29,7 milhões de beneficiários terão direito a receber a primeira parcela do abono anual, que corresponde à metade do valor do benefício. Aposentados do INSS começam a receber 1ª parcela do 13º

Boletos acima de R$ 400 já podem ser pagos em qualquer banco após vencimento

Desde o último sábado (25), os boletos com valor entre R$ 400,00 e R$ 799,00 passados de sua data de vencimento, poderão ser pagos em qualquer banco.

A novidade é resultado da operação de implementação da Nova Plataforma de Cobrança desenvolvida pelos bancos em parceria com a Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN). O sistema de liquidação e compensação para os boletos de pagamento exige que para que o benefício esteja disponível é necessário que o boleto esteja cadastrado na base de dados do sistema.

Fátima Bezerra recebe Comitiva de Patu

Uma comitiva da cidade de Patu foi recebida pela candidata a governadora, Fátima Bezerra, na última sexta feira (25/08) em Mossoró. O encontro foi articulado pelo candidato a deputado federal, Caramuru Paiva, que está recebendo apoio de várias lideranças de Patu, da áreas de educação e dos movimentos sociais organizados do município. Participaram do encontro com a futura governadora, as seguintes lideranças: Atimar Godeiro, Presidente Municipal do Partido dos Trabalhadores, Kaká de Bodin (vereadora), Aluísio Dutra (prof. da UERN e vice-presidente municipal do PT), Marcondes Pereira (presidente do Sindicato dos Trabalhares Rurais de Patu), Raimundo Reis (Líder Comunitário), Francisco Figueiredo "Bodin (ex-vereador), Atson Suassuna (Artista Cultural) e Lacerda Moura (suplente de vereador). Participaram também do encontro os candidatos ao senado, Zenaide Maia e Alexandre Motta.
 O encontro com Fátima Bezerra foi muito proveitoso, onde a comitiva de Patu levou o apoio a campanha dela bem como informou a mesma as principais prioridades do município de Patu para que faça parte do programa de governo.  Fátima agradeceu a todos pelo apoio e reafirmou o compromisso de fazer um governo voltado para as prioridades do RN e dessa forma o município de Patu estará sendo contemplado com certeza. 
  

História de Seu Olegário da Mercearia

Olegário Dorotea Dutra é natural de Brejo do Cruz, nasceu no Sítio Poço da Onça, sertão paraibano, aos 27 de maio de 1925. Olegário foi um senhor simples, mas, de mente privilegiada, porém sem ostentação. Filho de Manoel Dorotea Dutra e Izabel Santina Dutra, membro de uma família de 10 irmãos, escolhendo Patu para morar, no qual foi comerciante por quase 60 anos, como também, funcionário público estadual, sendo responsável pelo setor de emissão de carteira de identidade (RG) no município de Patu por mais de vinte anos.
Muito cedo, Olegário Dutra, saiu de casa tendo trabalhado como queijeiro na fazenda dos Saldanhas.  A primeira vez que veio a Patu foi em um carnaval, com um enorme chapéu na cabeça, com a frase: “SOU O BICHO DO MATO”. Ele veio morar em Patu no ano de 1949, em seguida teve um relacionamento com a jovem Lígia Carlos da Silva Dutra, Filha de João Carlos, como quem casou no mesmo ano. No ao de 1951, assumiu o cargo de Escrivão da Polícia (interinamente). No ano de 1952 sua esposa , Lígia Carlos, teve problemas de saúde onde veio a falecer.
No ano de 1955, foi nomeado para o cargo de Escrivão da Polícia, Padrão “A” do Estado - Delegacia de Patu, já que se encontrava exercendo interinamente há algum tempo. Por motivos políticos ele foi transferido, ex-ofício, do cargo de escrivão da Polícia para o cargo de carcereiro, padrão “B” da Cadeia Pública de Patu, empossado em 19 de janeiro de 1960, permanecendo no cargo  até a sua aposentadoria, ocorrida no ano de 1986.
Durante sua vida, gostava de ouvir o programa radiofônico, “A Voz do Brasil”, estava sempre com um rádio ouvindo as notícias deixando o mesmo muito atualizado, apesar dos afazeres. Todos os dias ele lia o jornal, Diário de Natal, que circulava na cidade. Qualquer assunto abordado ele discutia com maestria. 
Em 16 de setembro de 1953, casou-se com Margarida Aida de Moura Dutra, no qual tiveram dez filhos, sendo seis mulheres e quatro homens, são eles: Francisco Assis Dutra comerciante, viúvo de Gizélia Suassuna Barreto Dutra, Maria de Fátima Dutra - professora universitária, Maria Dalva Dutra Gomes Pinheiro - dentista , casada com o médico Ivan Gomes Pinheiro, com quem teve três filhos; Olegário Dorotea Dutra Filho, agente penitenciário, casado com Vera Lúcia Lima Dutra, funcionária pública, com quem teve três filhos; Maria Margarete Dutra Alves, casada com o empresário Boanerges Alves, com quem teve três filhos; Maria Ozanira Dutra Borges, nutricionista casada com o auditor fiscal, Carlos Mendonça Borges, com quem teve três filhos; Maria Jaqueline Dutra Ferreira da Silva, pedagoga, casada com o analista de sistema da Procuradoria da República, Amauri Ferreira da Silva, com quem teve duas filhas; Marcelino Dutra Neto, marceneiro, casado com Rita Maria Ferreira, com quem teve dois filhos;  Carlos Alberto Dutra ( in memoriam), casado com Lenilda Moura, com quem teve duas filhas; Márcia Cristina Dutra-  economista e bancária. Seus netos e netas: Carolina Dutra Gomes Pinheiro, fisioterapeuta e mestre em fisioterapia, Beatriz Dutra Gomes Pinheiro, médica, Mona Brena Dutra Alves, advogada, Ana Marina Dutra Ferreira da Silva, médica, Ana Marília Dutra Ferreira da Silva, advogada e Mestre em Direito Institucional, Carla Dutra Borges, engenheira de produção, Hercília Dutra Borges, advogada, Hortência Ferreira Dutra, engenheira florestal, Thiany Dutra Lima – assistente social, Carliana Moura Dutra – pedagoga, Carla Moura Dutra – pedagoga, Max Breno Alves Dutra, médico, Max Bruno Alves Dutra, advogado,  Rafael Dutra Borges, engenheiro de petróleo e Mestre em Administração, Marcelo Ferreira Dutra – universitário, Thiago Dutra, servidor área de saúde, Thiego Dutra, comerciante, Harrisaon Sena - promotor de eventos. Seus bisnetos e bisnetas:  João Pedro, Adílio, Murilo, Sara Dutra, Clara, Luana e Nicole.
Olegário Dutra era muito compenetrado com o que fazia, vivia exclusivamente para o trabalho, saía de casa todos os dias às cinco horas da manhã para a mercearia e voltava à noite. Educou os dez filhos dando exemplo de honestidade, responsabilidade e trabalho. Avesso a devaneios, tinha muitos amigos, principalmente na zona rural no qual detinha muitos clientes onde  travava longos diálogos, mas, não gostava de fofocas. Era um homem sério, seu padrão de vida era a simplicidade, vivia como achava que devia viver, sendo um homem de bem. Não deixou inimigos, era da paz. A educação dos filhos sempre foi  prioridade para ele. 
Exerceu a profissão de comerciante na cidade de Patu por quase 60 anos, tendo possuído hotel, casa de jogo, mercearia, conhecida como a “Bodega de seu Olegário. Apesar dos altos e baixos, permaneceu no comércio até a sua morte que ocorreu no ano de 2006, com mais de 80 anos de idade.
Conhecido por suas respostas irreverentes, um dia, seu Olegário, estava jogando baralho, e de repente, alguém o chama para ir a mercearia (a casa de jogo era no sótão do prédio e na parte térrea funcionava a mercearia),  ele desceu e quando voltou, o baralho já estava distribuído, ele pegou olhou, e os demais perguntaram: vai Olegário? Ele respondeu, sou doido não, eu que não estava aqui, estou armado imaginem vocês! Certo dia uma cliente chegou e perguntou o preço do ovo, ele respondeu é tanto. Ela perguntou faça por tanto e ficou insistindo, seu Olegário faça o ovo por tanto, faça seu Olegário, o senhor faz? ele respondeu, quem faz o ovo é a galinha, não eu! Outro dia uma mulher perguntou se melancia com catarro (gripe) fazia mal, ele respondeu, mal eu não sei, mas que é muito seboso isso é! Chegou um homem e falou R$ 200,00 emprestados, dizendo que ia ali e quando voltasse pagava. Seu Olegário disse, vai ali que quando vier você traz? Então vá e traga, não precisa tomar emprestado! Certa vez chegou uma mulher e perguntou o preço de uma barra de sabão, ele respondeu, é tanto, ela falou, mas lá em fulano é mais barato, ele respondeu, então vá comprar lá! Em certa ocasião ele estava no Hospital do Coração, quando passou uma mulher com a região glútea bastante desenvolvida, ele olhou e falou: “é muita banha para dois ovos!. Certa vez chegou um cliente em sua bodega e perguntou, seu Olegário quanto é o quilo de açúcar? Ele respondeu é tanto, a pessoa não ouviu direito e disse, quanto? Ele respondeu, a pessoa não ouvi de novo e tornou a perguntar, é quanto? depois de perguntar várias vezes seu Olegário respondeu, sente-se aí e fique esperando outra pessoa entrar e perguntar o preço do açúcar, é quando vou responder. Em outra ocasião um jogador chegou na casa de jogo pela manhã, era período da semana santa, passou o dia jogando, a noite também, ao amanhecer ele estando já liso disse: seu Olegário, me dê um jejum. Ele respondeu, quer um jejum maior do que esse? um dia e uma noite sem comer! Um dia ao abrir o portão da casa para sair, uma pessoa que ia passando perguntou: vai para a rua seu Olegário? ele respondeu, na rua já estou. 
Durante a sua vida Olegário Doroteia Dutra recebeu muitas homenagens, como por exemplo, dando nome de uma rua no Bairro Padre José Kruza em Patu, e outra dando nome a um condomínio residencial na cidade de João Pessoa – PB, “Residencial Olegário Dutra” localizado à rua, Edilson Paiva  de Araújo – Jardim Cidade Universitária., homenagem prestada pelo sobrinho, Carlito Dutra. 
Portanto essa é um pouco da história de Olegário Doroteia Dutra, o “Seu Olegário da Mercearia”, paraibano que erradicou-se em Patu, edificou e educou a sua família como muito esmero, amor e dedicação, deixando a sua marca na história de nosso município.

Reportagem: Aluísio Dutra de Oliveira.
Fonte das informações: Maria de Fátima Dutra.
Fotos: Cedidas pela família. 

Galeria de Fotos de Olegário Dutra com a sua família.