segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Movimento Revolucionário Patu 2001 Comemora 15 anos no Próximo Sábado

No próximo dia 15 de dezembro, das 10:00 às 22:00 horas, no Bar do cantor Cláudio Saraiva, no cruzamento da Rua Aníbal Brandão com a Rua Sucupira, em Nova Parnamirim, grande Natal, capital do Rio Grande do Norte, os militantes e simpatizantes do Movimento Patu 2001 estarão reunidos para comemorar os 15 anos de conquistas e vitórias, com música, diversão, arte e outros alimentos necessários para a plenitude da existência humana. 
Epitácio Filho, idealizador do Movimento Patu 2011 em foto ao lado do folclorista João de Artur
De natureza sócio-política, de inspiração revolucionária, o Movimento Patu 2001 foi fundado em 18 de outubro de 1997, na cidade de Patu, no sertão do Rio Grande do Norte, por um grupo de ativistas culturais, com o objetivo de fomentar alternativas de desenvolvimento sustentável para a região da caatinga que pudessem repercutir em alguns caminhos da experiência humana no planeta Terra, instigando discussões cosmogônicas e fomentando eventos sobre energia, etnia, comunicação, saúde mental, fenômenos geohistóricos e história das artes.
Os preâmbulos do Movimento Patu 2001 estão vinculados à realização da Jornada Universitária de Patu, em 1987, pela Associação Cultural Universitária Patuense (ACUP). Dez anos antes da formulação do movimento, a jornada foi considerado o maior evento sócio-cultural do médio-oeste potiguar, oportunizando inclusive o lançamento do famoso livro “Dudé ou Dedé”, baseado numa pesquisa do escritor Dudé Viana sobre o “assalto dos 94 milhões”, no início dos anos 80 do século passado, um dos marcos históricos da criminalidade moderna.

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário