quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

A História do Cantor que Pousou seu Avião na BR 226, Entrada da Cidade de Patu-RN

O cantor e piloto de avião Waldonys José Torres Meneses já está acostumado a pilotar o seu avião e aterrizar onde o mesmo acha que deve e tem condições, fato esse já registrado em vários locais do Brasil. Aqui em Patu não foi diferente. O cantor tinha um contrato de show a realizar na cidade de Antônio Martins, festa do padroeiro Santo Antônio, no dia de 11 de junho de 2009. Ele chegou a tarde em seu avião, pousando seu monomotor na BR 226, entrada da cidade de Patu. Waldonys aterrizou e estacionou tranquilamente o avião no posto Nossa Senhora dos Milagres, ao lado da BR 226, e seguiu para a pousada Cidade do Sol de Josemar Godeiro, onde ficou hospedado. É comum Waldonys viajar em seu avião particular para as cidades onde faz shows. Na época, o professor Aluísio Dutra de Oliveira fez a seguinte indagação ao cantor: Como é que você faz faz para pousar nas BRs e não bater nos veículos. Ele respondeu, que lá de cima verifica se tá tudo limpo e desce rapidinho, como aconteceu em Patu, mas, disse ainda, tem que ter coragem para fazer essa manobra. 
Em outubro de 2009 a ANAC - Agência Nacional de Aviação Civil - esteve em Patu para investigar o pouso do piloto e cantor Waldonys. Na ocasião uma comissão formada por técnicos da ANAC, constituída por Esperidião Neto - Especialista em Regulação e Fátima Maia, da Comissão de Investigação - estiveram em Patu no dia (27/10/2009) para investigar o pouso do cantor cearense Waldonys que foi realizado na BR 226. Os técnicos da ANAC colheram informações de pessoas que viram o pouso do avião em Patu, bem como reportagens publicadas nos diversos blogs e jornais da região. Patu não foi o único caso de pouso do avião do cantor Waldonys. A imprensa já registrou vários casos como: Pouso na BR 304, próximo a cidade de Santa Maria-RN, pouso em cidades do Ceará e na cidade de Francisco Dantas.
 O cantor Waldonys é considerado um ótimo piloto de avião, inclusive o mesmo já se apresentou, especialmente, na esquadrilha da fumaça, onde o mesmo possui registro publicado em DVD. Em Patu ele também já fez shows de acrobacias aéreas arrancando os aplausos da população. Waldonys é um excelente acordeonista “sanfoneiro”, é afilhado do rei do baião Luís Gonzaga, sendo considerado um dos melhores sanfoneiros do mundo. O homem é bom tocando sanfona bem como pilotando avião.

Reportagem: Aluísio Dutra de Oliveira.
Esperidião Neto - Especialista em Regulação da ANAC

 Fátima Maia, da Comissão de Investigação

 Pouso de Waldonys na cidade de  Francisco Dantas - RN




 Luís Gonzaga, Waldonys e Sivuca


Waldonys e o prof. Aluísio Dutra de Oliveira


Nenhum comentário:

Postar um comentário