quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Exército foi convocado para lutar contra o mosquito da dengue


DENGUE-55555A Fiocruz de Pernambuco comprovou em pacientes brasileiros a relação entre o zika vírus e a Síndrome de Guillain-Barré (SGB), doença rara que também apresentou um aumento atípico nos últimos meses no Nordeste. O achado aumenta o alerta em torno do zika, principal suspeito de causar uma epidemia de microcefalia no País.
O vírus, que chegou ao Brasil neste ano, já está presente em 18 Estados, incluindo São Paulo e Rio. Nesta quinta, o ministro da Saúde, Marcelo Castro, discutirá com a Casa Civil o uso do Exército para ampliar o combate aos focos do Aedes aegypti, mosquito vetor do zika, dengue e chikungunya. No início do ano, soldados do Exército atuaram no combate à dengue no Distrito Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário