quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Ministra defende federalização de crimes contra defensores de direitos humanos e jornalistas



MED_12.01.28-19.02.20-maria_do_rosarioA ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Maria do Rosário, defendeu hoje (15) a federalização de crimes cometidos contra defensores dos direitos humanos, além de crimes contra jornalistas. A afirmação foi feita durante a Conferência Global de Jornalismo Investigativo, que ocorreu na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ) e discutiu a violência que comunicadores vêm sofrendo ao longo dos anos.
Durante o encontro, Maria do Rosário destacou a importância dos ativistas de direitos humanos para a sociedade e necessidade de eles serem protegidos dos grupos de extermínio. “Essas pessoas também são ameaçadas, então eu diria que se pensarmos na federalização, eu vejo que nós deveríamos ampliar isto, não ser estritamente para os jornalistas, mas também dialogar com as necessidades dos defensores de direitos humanos do Brasil”, disse.
Fonte: Blog do Robson Pires.

Nenhum comentário:

Postar um comentário