sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Proteção do forró é discutida pelo Senado em João Pessoa

A possibilidade da cultura do forró ser reconhecida como patrimônio imaterial brasileiro será debatida em audiência pública da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) nesta segunda-feira (20), em João Pessoa, na Paraíba. Na audiência serão discutidas as formas de preservação dos ritmos tradicionais do forró. O pedido de realização da audiência foi da presidente da comissão, senadora Fátima Bezerra (PT-RN).

A senadora argumenta que o forró tem grande importância no desenvolvimento da Região Nordeste, principalmente por contribuir para a realização das festas juninas, com impacto socioeconômico e cultural.
Para participar da audiência foram convidados os secretários de Cultura de quase todos os estados da Região Nordeste, além de Joana Alves, presidente da Associação Cultural Balaio do Nordeste; Kátia Borgéa, presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional; Maria Cecília Londres da Fonseca, pesquisadora e coordenadora do Fórum Forró de Raiz; e o cantador Cícero Pereira de Souza Santana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário