quarta-feira, 13 de janeiro de 2021

Líder da Oposição, Kaká de Bodim, cobra do poder público municipal de Patu mais ações para combater a nova onda da Covid19



A líder da oposição, Ana Karla Figueiredo, "Kaká de Bodim" nesta quarta feira (13/01) cobrou na sua pagina do Facebook e em outras mídias sociais, mais atitudes e ações do prefeito Rivelino Câmara, para combater a nova onda da Covid19 em Patu. Veja: 

Estamos vivendo uma nova onda de COVID-19 em Patu a sensação que temos é de total abandono por parte do poder público municipal, onde o prefeito que deveria ser um verdadeiro gestor frente ao combate desta pandemia tendo em vista que Patu já recebeu milhões em recursos exclusivos para a implementação de ações contra está doença que tem ceifado a vida de inúmeros patuenses. Enquanto isso ninguém vê o prefeito ou ainda a secretaria municipal de saúde se pronunciar, vir a público falar e mostrar medidas concretas para amenizar esta situação, pelo contrário, ninguém sabe nem por onde anda o gestor da nossa querida Patu, o que é lamentável.

Os cidadãos continuam debaixo de uma mangueira esperando consultas e exames.

O covid já tomou conta da nossa cidade e não se pode jogar a responsabilidade apenas para nós cidadãos, o poder público está aí para realizar ações. É obrigação. 

Por onde anda o comitê gestor de combate ao COVID-19 de Patu que não está vendo esta situação? E o Ministério Público?

O que vemos é um decreto sem nenhum tipo de fiscalização ou controle, com uma vigilância sanitaria desarticulada e sem ação nenhuma. Enquanto isso, os patuenses passam os dias de agonia aguardando a divulgação atrasada de boletins controversos e inconstantes.

Patu precisa de gestão. Patu precisa de alguém que olhe além do seu nariz e pense nas pessoas. Patu precisa de respeito. 

Deixo uma sugestão para que o gestor do nosso  município faça uma testagem em massa com a população. Reativar as barreiras sanitárias.  Equipar nosso hospital pra atender adequadamente pacientes com COVID. Valorizar nossos profissionais de saúde. 

Quanta tristeza perder amigos e familiares.

Kaká de Bodim

Nenhum comentário:

Postar um comentário