sexta-feira, 23 de julho de 2021

Natália Bonavides aciona o STF para investigar o ministro Braga Netto por ameaças contra as eleições

 


A deputada federal Natália Bonavides (PT/RN) apresentou uma denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Defesa de Bolsonaro, Braga Netto. Em reportagem publicada no Estadão hoje (22), foi noticiado  que o ministro enviou um interlocutor ao presidente da Câmara, Arthur Lira, informando que não haveria eleições em 2022 se não houvesse voto impresso e auditável.  

“Os fatos noticiados pelo Jornal merecem especial atenção diante dos riscos para a democracia. Não é a primeira vez que ministros de Bolsonaro ameaçam dar golpes no país. É urgente que providências sejam tomadas”, pontuou Natália Bonavides.  

A denúncia destaca que se confirmadas as condutas golpistas do ministro, fica evidenciado crimes de responsabilidade cometidos por ele, previstos na lei 1079/1950.  

Braga Netto chegou ao Ministério da Defesa depois de uma crise militar provocada pela demissão do ex-ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, anunciada por meio de uma nota do ex-ministro que deixava nítida a tentativa do Governo Federal de cooptar as Forças Armadas para a sua política.


Fonte: Mandato de Deputada Natália Bonavides.

Nenhum comentário:

Postar um comentário