quarta-feira, 8 de julho de 2020

Kaká de Bodim e Rodolfo Maia Protocolaram na Justiça Ação contra aprovação da Câmara Municipal de Patu e sanção pelo prefeito Rivelino sobre Aumento dos Próprios Salários.


A vereadora Ana Karla Figueiredo "Kaká de Bodim" e o vereador Rodolfo Henrique Godeiro Maia protocolaram junto a Promotoria de Justiça da Comarca de Patu-RN, uma representação em desfavor da aprovação pela Câmara Municipal de Patu, bem como a sanção pelo atual prefeito, Rivelino Câmara, da Lei Municipal n.º 482, de 26 de junho de 2020, com vigência fixada para “a partir de 1º de janeiro de 2021”, que concede o aumento aos políticos da cidade de Patu. O argumento utilizado pelos edis da oposição foi o Programa de Enfrentamento ao Coronavírus SARS-CoV-2 (Covid-19), onde fica proibido até 31 de dezembro de 2021, inciso I, do artigo 8°, da Lei Complementar Federal n° 173/2020, o aumento de salário de políticos. A representação, enviada pelo canal remoto de atendimento do PMJ de Patu\RN, pmj.patu@mprn.mp.br, foi juntada a Notícia de Fato n. 02.23.2312.0000058/2020-49. 
A notícia sobre a aprovação dos vereadores de Patu, do grupo da situação, de aumento dos próprios salários, inclusive o reajuste em 100% dos salários do prefeito e vice, repercutiu em todo o Estado, gerando uma grande insatisfação na  população pela atitude tomada pela Câmara Municipal de Patu. 
Kaka e Rodolfo disseram que Patu merece respeito, querer aumentar salário dos políticos em plena pandemia é um ato de desrespeito com o povo da nossa terra. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário