sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Não Vamos Trocar o Certo pelo Duvidoso! É Dilma 13

O Brasil não está mais no Mapa da Fome no Mundo




Brasil reduz em 50% o número de pessoas que passam fome, diz ONU.

A Organização da ONU para Alimentação e Agricultura (FAO) estimou, nesta terça-feira (16), que mais de 805 milhões de pessoas vivem em situação de insegurança alimentar no mundo. O Brasil, no entanto, caminha na contramão dessa estatística graças aos seus programas, ações e estratégias que levaram o país ao posto de referência mundial no combate à fome.
“O Brasil é um grande exemplo nesse aspecto porque estabeleceu essa causa como uma prioridade nacional. Ele provou que um país grande pode reduzir a insegurança alimentar e ainda influenciar toda uma região e o mundo”, disse a representante adjunta da FAO para América Latina e Caribe, Eve Crowley, destacando que a América Latina e o Caribe tiveram juntos o melhor desempenho no combate à insegurança alimentar dos últimos anos. A região concentra atualmente 6,1% das pessoas com insegurança alimentar, percentual bem abaixo dos 15,3% registrados em 1992.
Peça central no estudo realizado pela FAO, o Brasil aparece como modelo para promoção de experiências exitosas como transferência de renda, compras diretas para aquisição de alimentos e capacitação técnica de pequenos produtores. Com isso, o Brasil conseguiu diminuir em 50% o número de pessoas que passam fome.
O diretor do Centro de Excelência contra a Fome do Program Mundial de Alimentos (PMA), Daniel Balaban, destacou que uma maneira de definir a expressão “insegurança alimentar” é quando existe restrição do acesso aos alimentos. Isso porque as pessoas que estão na situação de insegurança alimentar consomem alimentos de forma difusa, sem saber quando será a próxima refeição.





 Se no término do meu governo cada cidadão brasileiro puder fazer as três refeições diárias já cumpri a minha missão como presidente




Lula e Dilma Fizeram por Patu. É Dilma de Novo meu Povo!!!!



 Pavimentação total do Bairro do Cemitério, na  época do Prefeito Possidônio Queiroga. Quem não se lembra do lamaçal naquele bairro.
 Programa Luz para Todos atendendo a zona rural de Patu
 Programa Garantia Safra para os agricultores familiares
 Reconhecimento oficial do Jatobá como Comunidade Negra Quilombolas, inclusive o próprio presidente da República, Lula, entregou documento nas mãos de  Sandrinha do Jatobá em solenidade na Bahia.
 Construção de 500 casas populares no Conjunto Nova Patu 
 Homologou o Piso Salarial dos Agentes de Saúde
Piso nacional de Salários dos professores
 Construiu e vai construir mais tanques de pedras na zona rual
 Estamos com praticamente 100% de cisternas de placas de 16 mil litros construídas na zona rural de Patu
 Cisternas calçadão de  52 mil litros estão sendo construídas em Patu na zona rural 
 Programa Compra direta beneficiando o pequeno produtor  e agricultor familiar bem como instituições do município que recebem os produtos da EMATER e Secretaria de Municipal de Agricultura. Programa financiado pelo governo federal
Programa Minha Casa Minha Vida - Conjunto João Pereira 4

 Máquinas 
 Caminhão Caçamba

 Carro Pipa
 Veículo e Equipamentos para o Conselho Tutelar
 Vários estudantes patuenses com direito a estudar em Universidades Particulares através do ProUni


 Três ônibus escolares e mais um que o governo federal liberou através do governo do estado, totalizando 4 ônibus para Patu

PRONATEC Capacitando centenas de jovens Patuenses

Programa Mais Médicos
Uma creche do Proinfância que já foi aprovada para Patu


Não troque o Certo pelo Duvidoso

Vote 13 vote Dilma!

quinta-fe

Nenhum comentário:

Postar um comentário