quinta-feira, 4 de abril de 2013

Notícias Quinta Feira 04 de Abril de 2013


Convite de 1º Aniversário de Falecimento

Franscisco Otávio de Moura "Chico de André"

Neste 06 de Abril da Boate Pântanos


Entidades e Autoridades que Confirmaram Presenças na Audiência Pública de Patu no Próximo dia 10 de Abril


 Deputado Gilson Moura

Deputado Gustavo Carvalho




Patu está na Lista das Cidades em Situação de Emergência, mas, pouco se Sabe quem são os Membros da Comissão da Defesa Civil
A comissão municipal da defesa civil é um órgão de suma importância em todos os municípios, pois compete a ela várias atividades, principalmente no tocante a levantamento de informações, diagnósticos situacionais de emergência. Patu está na lista dos municípios em situação de emergência, mas, um fato curioso é que poucos sabem quem são os membros da Comissão Municipal de defesa Civil e qual as ações já realizadas.
A Defesa Civil é uma entidade ou órgão criado em âmbito nacional, estadual e municipal, com atribuições específicas e com objetivo da solidariedade humana. Sua principal missão ou atividade é, quando no acontecimento de um evento adverso (alagamento, deslizamento, tornado, desmoronamento, vendaval, enchente, estiagem, seca, etc), socorrer as pessoas ou comunidades atingidas, a fim de minimizar as situações de adversidades em que elas se encontram.
Na normalidade, as atividades focam-se na educação e orientação das comunidades sobre procedimentos e condutas de como proceder na ocorrência destes eventos, e também de como a sociedade civil pode auxiliar com diversos cuidados que devem ser adotados no dia a dia com o propósito de que, futuramente, estas ocorrências não aconteçam.
No período de estiagem a comissão municipal da defesa civil precisar estar atenta no sentido de se fazer levantamentos, diagnósticos sobre a real situação das comunidades rurais atingidas em todos os aspectos para que no momento necessário as informações estejam prontas para repassarem para os órgãos responsáveis no tocante a liberação de recursos ou outras ações de controle sobre a estiagem.   



Vereadores Fizeram Apelo a Administração para Acabar com a curva de Pedreira
Curva perigosa da Pedreira

A Câmara Municipal de Patu realizou sessão na tarde de ontem (03/04) onde os vereadores apresentaram vários requerimentos importantes para o município. Todos os vereadores presentes apresentaram requerimentos solicitando um estudo para retirada da curva da pedreira onde diversos acidentes já foram registrados com vítimas fatais.
Várias falas foram apresentadas sobre o assunto, mas, que é necessária uma educação no trânsito sobre os perigos na estrada e rodovias, pois não basta retirar a curva da estrada se não existir uma consciência do condutor sobre as regras do trânsito.


Vereadora Lucélia Solicitou ao Poder Público Cursos de Capacitação Profissional para os Jovens Patuenses

A vereadora Lucélia Ribeiro apresentou em plenário da Câmara Municipal requerimento solicitando do poder público, a vinda de cursos de capacitação profissional para jovens que almejam principalmente o primeiro emprego. Várias entidades promovem cursos de capacitação como SEBRAE, SENAC, SENAR e outros. O mercado atual necessita de profissionais capacitados e qualificados e desta forma vai oportunizar espaço para muitos jovens que almejam o primeiro emprego, disse a vereadora Lucélia Ribeiro.


Os jovens necessitam de cursos de capacitação para o primeiro emprego  




Lucélia Ribeiro Apresentou Requerimento Solicitando Programação para Semana Nacional do Museu em Patu



A vereadora Lucélia Ribeiro apresentou requerimento solicitando ao poder público o apoio para a realização da Semana Nacional do Museu a ser realizada em Patu no período de 12 a 18 de maio. A proposta do mandato da vereadora Lucélia teve a parceria da ex-vereadora Lourdes Leão que lutou para implantar na comunidade rural Escondido um museu rural.
Em nível nacional será realizada a 11.a Semana Nacional do Museu. Veja reportagem a seguir.


Proposta pelo Conselho Internacional de Museus (ICOM), a equação inspiradora para as comemorações do Dia Internacional dos Museus (18 de maio) de 2013 ressalta o arranjo entre o frescor criativo e a memória construída: a soma desses fatores repercute na sociedade e com ela interage, num movimento propulsor da mudança social. 

A dimensão criativa do museu reside nas trocas afetivas, no despertar da sensibilidade, nas intuições e memórias que pulsam, na atualidade da imaginação sonhadora, na espontaneidade das relações. Criar é construir a memória, e, ao com ela trabalharem, os museus operam como quem edita, corta, recorta, cola, mistura, oculta, revela, enfatiza e esquece. O trabalho com a memória implica o reconhecimento do seu caráter seletivo, eletivo e, portanto, político. 

Criar é dar sentido à existência, é perceber-se parte do processo. O importante na experiência do museu 
é ‘estar em relação’ e, nesse sentido, é fundamental imaginar outras coisas que não os saberes instituídos, aceitando a potência como fonte de novos saberes. O museu é parte integrante da sociedade e possui os elementos que lhe permitem participar na formação da consciência das comunidades que ele serve e também promover mudanças. 


 Espaço reservado para o Museu da Cidade de Patu

Museu Rural, Dona Francisca - Sítio Escondido

Conheça Mais um Personagem que dá nome as Ruas em Patu
Jovelina Ernestina

Jovelina Ernestina da Silva, natural de Patu, nasceu em 29 de dezembro de 1898, filha de Ernesto Ferreira de Azevedo e Maria Francisca das Chagas. Ela é de origem da região do Seridó, Jardim do Seridó (antiga Conceição do Azevedo). Foi casada com o senhor Petronilo Hemetério de Moura que exerceu durante muitos anos a profissão de caixeiro viajante vindo a falecer em 08 de abril de 1935. Jovelina Ernestina era uma viúva muita rígida e boa administradora onde criou os 8 filhos no trabalho com muita ordem e respeito colocando os mesmos para estudar para ter um bom caminho na vida. Jovelina Ernestina era a mãe do historiador, professor Petronilo Hemetério Filho “Petrus”, autor do livro História de Patu. Em maio de 1999 foi inaugurado um parque de vaquejada no Sítio Cumaru, vizinho ao posto conhecido como “Posto de Petrus” que leva o nome de Parque de Vaquejada Jovelina Ernestina, homenagem feita pelo seu neto Petrônio, onde lá foram realizadas as maiores vaquejadas de Patu e da região.
Fonte: Livro História de Patu - Petronilo Hemetério Filho.


Rua Jovelina Ernestina (bairro do Cemitério)



4 abr 2013

Eleitores de dois municípios potiguares voltam às urnas no domingo



No próximo domingo (07), dois municípios potiguares terão eleições suplementares. A cidade de Caiçara do Rio do Vento, com 3.456 eleitores, tem uma disputa direta entre PMDB e DEM. Já em Serra do Mel, cidade com 9.067 pessoas aptas a votar, os candidatos da chapa majoritária são representantes do PMDB e do PT. A votação será das 8h às 17h e a expectativa do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte é encerrar os trabalhos, inclusive de apuração, às 19h.
Diferente das eleições ordinárias, de outubro passado, as suplementares terão apenas um juiz de plantão no TRE, que será Verlano Medeiros. Além disso, a estrutura da Corte contará também com uma equipe de servidores no apoio e suporte. Ontem foram feitos os envios das urnas eletrônicas para os dois municípios.
Serra do Mel, que pertence a 34ª. Zona Eleitoral, conta com 9.033 eleitores que serão distribuídos em 34 sessões eleitorais (duas conjugadas) e 32 urnas. Dois candidatos disputam o pleito: Fábio Bezerra de Oliveira (Fabinho), da coligação “Serra do Mel de Todos”, integrada por PMDB/PP/PR, e Francisca Rodrigues Costa (Dona Francisca), da coligação “A mudança é pra valer, essa mudança inclui você”, composta de PT/PTB/PCdoB.
Já Caiçara do Rio dos Ventos, que pertence à 17ª Zona Eleitoral, tem 3.449 eleitores e contará com 12 urnas distribuídas em 12 sessões. Dois candidatos estão na disputa: Arnaldo Aciole de Lima, do PMDB e Conceição de Maria Gomes Lisboa Rocha (Ceiça), apoiada pela coligação “Unidos por uma Caiçara melhor”, integrada por PR/PSDB/DEM/PSD/PP.

Banco do Brasil na Paraíba suspende atendimento em cinco cidades depois de ataques



caixa banco do brasil
Do G1 PB – O Banco do Brasil (BB) na Paraíba suspendeu o atendimento em cinco cidades do estado após suas agências terem sido atacadas por bandidos. De acordo com a Gerência de Administração do BB, as atividades estão suspensas até que as unidades sejam recuperadas, já que todas elas foram alvo de explosões.
As cidades afetadas com a falta de serviços bancários prestados pelo Banco do Brasil são Arara, no Brejo do estado, e Lagoa Seca, também no Brejo, onde as agências estão funcionando parcialmente. Outras três agências já não estão funcionando nas cidades de Fagundes, no Agreste paraibano, Serraria, no Brejo, e Paulista, localizada no Sertão.
Fonte: Blog do Robson Pires.


Um comentário:

  1. Caro Aluísio,

    Por favor, divulgue o post do link abaixo.

    http://www.sidneymoura.blogspot.com.br/2013/04/sorteio-beneficente.html

    ResponderExcluir