domingo, 21 de outubro de 2012

Noticias

 

Banco do Brasil abre concurso para Escriturário no RN e mais 14 Estados


A partir das 10h desta sexta-feira, 19, estarão abertas as inscrições para a seleção externa 2012/2013 do Banco do Brasil S.A. (BB), para a formação de cadastro de reserva da Carreira Administrativa, no cargo de Escriturário.

Conforme consta em edital publicado no Diário Oficial da União, na presente data, as oportunidades, quando disponíveis, serão para atuar nos Estados do Acre, Amapá, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima e Sergipe, bem como parte dos Estados do Amazonas e de Santa Catarina.

Entre as vantagens apresentadas pela instituição financeira estão a remuneração de R$ 1.892,00, a possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional, participação nos lucros ou resultados, nos termos da legislação pertinente e acordo sindical vigente e possibilidade de participação em planos assistenciais e previdenciários complementares.

Os convocados atuarão na comercialização de produtos e serviços do Banco, atendimento ao público, atuação no caixa (quando necessário), contatos com clientes, prestação de informações aos clientes e usuários, entre outras atividades previstas, tudo em jornada semanal de 30h e contrato sob regime celetista.

De acordo com o BB, neste certame ficam asseguradas as admissões, conforme necessidade de provimento, dos candidatos classificados nas Seleções Externas 2011/001, 2011/002 e 2011/003 até o término de suas vigências (04/03/2013, 29/04/2013 e 28/09/2013, respectivamente).

Só podem concorrer à seleção profissionais que tenham concluído o ensino médio ou equivalente e que tenham idade mínima de 18 anos completos até a data da contratação.

A informação é de que os interessados terão de hoje, 19, até às 14h de 5 de novembro para garantir participação na concorrência, por meio do preenchimento de formulário no endereço eletrônico www.concursosfcc.com.br e/ou nos postos de inscrição credenciados pela organizadora (endereços no Anexo III do edital), das 9h às 12h e das 13h às 17h de segunda a sexta-feira.

Segundo a Fundação Carlos Chagas, responsável técnica e operacional pelo certame, todos os participantes farão prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, composta por 30 questões de conhecimentos básicos e 30 de conhecimentos específicos, bem como prova discursiva (redação), de caráter eliminatório. Ambas estão previstas para o dia 13 de janeiro de 2013, na parte da manhã, nas cidades indicadas na tabela constante no Anexo I.

Os candidatos serão classificados por Macrorregião e por Microrregião, de acordo com a sua opção no ato da inscrição.

Quase 90 cidades poderão ter novas eleições; no RN são cinco casos



A eleição para prefeito em aproximadamente 90 cidades não terminou com a coleta e contagem de votos em 07 de outubro. Levantamento do Congresso em Foco, com base em dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), aponta que pelo menos 87 municípios, espalhados por 23 estados, correm o risco de ter um novo pleito. Isso por causa do alto número de votos anulados na corrida para as prefeituras.

De acordo com o Código Eleitoral, uma nova eleição deve ser convocada caso 50% ou mais dos votos sejam anulados. A legislação faz uma distinção importante: para que haja nova eleição, é preciso que os votos sejam anulados pela justiça. Se mais da metade de uma cidade votar nulo, isso não invalida a eleição. Assim, só há nulidade se houver, por parte da Justiça Eleitoral, uma decisão nesse sentido.

Em boa parte dos casos, existe a espera por uma decisão definitiva do TSE. No caso do Rio Grande do Norte, as cidades de Barcelona, Caiçara do Rio dos Ventos, Galinhos, Monte Alegre e Serra do Mel devem esperar uma resolução judicial.

A presidenta da corte, Cármen Lúcia, já declarou que os casos que podem influenciar no resultado têm prioridade de julgamento. Na próxima semana, ocorre o segundo turno. Se houver necessidade de uma nova eleição, ela terá de ser marcada entre 20 e 40 dias depois do esgotamento da possibilidade de recursos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário