terça-feira, 18 de agosto de 2015

Especial!!

Seu Senhor


Seu Senhor - O Bedel da Prefeitura
 

Seu Senhor

 
 
                      Bedel era um antigo servidor publico que era responsável pela disciplina interna das instituições. Em Patu, o mais conhecido bedel foi um homem conhecido como Seu senhor da Prefeitura. Entrava e saía prefeito e seu Senhor permanecia com a função de disciplinar internamente a prefeitura municipal. Seu Senhor era um homem cordial e pacato, cultivador das amizades. Quando o assunto era a defesa do município, seu Senhor estava de prontidão. Em 1927, rondava a notícia de que Lampião e seu bando de cangaceiros saquearia a cidade. Prontamente, seu Senhor juntamente com um grupo de patuenses, igualmente destemido organizaram a defesa da cidade de fuzil na mão. O meu pai, o ex-prefeito de Patu Epitácio de Andrade manteve uma saudável convivência com seu Senhor durante mais de 50 anos. Isso mesmo, mais de meio século. Sabendo que a lembrança é a única que permanece, guardo na minha memória, vários momentos quando fui presenteado, na minha infância, com doces seriguelas, colhidas por seu Senhor de uma frondosa serigueleira, por ele regada no quintal da prefeitura.
Seriguela
 
                   Da memória do município é importante se resgatar os relatos acerca do inigualável aroma do café exalado durante o preparo por seu Senhor que se espalhava da rua à estação, consistindo num verdadeiro fator de integração municipal.
Seu Senhor no Santuário do Lima
 
ALGUNS DADOS DA ORIGEM DE SEU SENHOR, segundo  Clorinda Cortez
                "Salvador Cortez Neto era neto de Salvador Cortez e Nicolau Cortez que eram irmãos. Porque Braz filho de Salvador casou com Ana filha de Nicolau e geraram a Salvador, conhecido por Senhor. Ele nasceu no dia 04 de Janeiro de 1904. Ficou órfão de pai aos 11 anos de idade e foi para Maniçoba aonde foi criado por seus tios. No ano de 1932, casou-se com Francisca Nogueira, da Gameleira, com quem teve 12 filhos (9 mulheres e 3 homens). Teve como profissão o oficio de vaqueiro, ramo no qual trabalhou muitos anos na Paraíba, na cidade de Mogeiro. Alguns anos depois voltou para Patú, onde vendeu leite de gado por muito tempo. Depois arranjou emprego na Prefeitura, onde anos depois também passou a morar e a cuidar com muito amor. Seu Senhor morou na prefeitura de Patú até que Dr. Ednardo ganhou a eleição municipal e o mandou embora. Ele então foi para João Pessoa/PB onde residiu por cinco anos, até que faleceu aos 90 anos de idade, no dia 18 de abril de 1994".
             Como forma de reparar, minimamente, a injustiça cometida pela municipalidade contra seu Senhor, defendemos o tombamento da serigueleira do quintal da prefeitura À memória de seu Senhor - O Cuidador de Patu.

Fonte: Blog Cosmogonia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário