terça-feira, 21 de maio de 2013

Notícias para esta Terça Feira 21 de maio de 2013

Aulas da UERN Terão Início nesta Quarta Feira (22/05)
O semestre letivo (2013.1) da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte têm início nesta quarta feira (22/05). Para este semestre os alunos tiveram a opção de fazer suas matrículas on-line atingindo 85%, os demais optaram pela matrícula presencial. 

Colação de Grau de Turmas Concluintes do CAP-UERN Acontecerá nesta Quinta Feira (23/05)

O Reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Professor Milton Marques de Medeiros, convida para as Solenidades de Colação de Grau dos Concluintes dos Cursos de Graduação, do segundo semestre do ano acadêmico de 2012, a serem realizadas em maio de 2013.

Solenidade

Dia: 23/05/2013 (quinta-feira)
Campus Avançado de Patu – CAP
Núcleo Avançado de Educação Superior de Alexandria
Horário: 19h
Local: Módulo Esportivo Dino Suassuna
Rua Antônio de Joqueta, S/N - Centro - Patu/RN
Paraninfo: Professor Dr. Pedro Fernandes Ribeiro Neto
Reitor Eleito e Nomeado da UERN


Autoridades universitárias: veste talar
Convidados: passeio completo

.
Fonte: Blog do CAP/UERN

Professor do Departamento de Ciências 

Contábeis - CAP- Participará de Congresso 

Internacional de Educação em São Paulo-SP

Francinaldo Antônio dos Santos

Terá início amanhã (22/05) em São Paulo um dos maiores eventos da educação , trata-se do Congresso Internacional de Educação da América Latina - Educar/Educador. O evento será realizado pela Futuro Eventos, entre os dia 22 e 25 de maio de 2013 no Centro de Convenções Imigrantes.


A 20ª edição do Educar/Educador contará com 10 auditórios exclusivos aos Congressos e Seminários onde serão realizadas 140 atividades. Grandes nomes como Washington Olivetto, James Hunter (EUA - autor do best seller: "O Monge e Executivo"), Mário Sergio Cortella, Philippe Perrenoud (Suíça), Celso Antunes, Ángel Pérez Gómes (Espanha), Marcos Meier, dentre outros especialistas do Brasil e do exterior estarão propondo a milhares de inscritos as melhores experiências do universo escolar.
O professor do Departamento de Ciências Contábeis CAP-UERN, Francinaldo Antônio dos Santos, já está em São Paulo para participar deste importante evento educacional.

Grito da Seca vai entregar Hoje cerca de 50 reivindicações ao Governo do Estado



Trabalhadores rurais de todas as regiões do Rio Grande do Norte se reúnem em Natal nesta terça-feira para participar do movimento Grito da Seca: sede de água, sede de direitos, uma grande mobilização que pretende chamar a atenção das autoridades e da população para os problemas provocados pela seca.
A concentração do movimento está marcada para as 8h, no Viaduto de Ponta Negra. De lá, cerca de cinco mil trabalhadores vão seguir, em caminhada, para as proximidades do Estádio Arena das Dunas, onde acontecerá um ato público. Em seguida, o grupo irá para o Centro Administrativo, com o objetivo de cobrar ações estruturantes do Governo Estadual para a convivência com a seca.
A Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Rio Grande do Norte (Fetarn), que está organizando o movimento, junto com o Fórum do Campo Potiguar (Focampo), entregará  uma pauta de reivindicações à governadora Rosalba Ciarlini, destacando pontos como a questão da terra, os recursos hídricos, a assistência técnica, a concessão de crédito aos agricultores, a educação no campo e a segurança.

Segundo o vice-presidente da Fetarn, Francisco José, o maior problema hoje é a falta de uma política definida de convivência com a estiagem. “Muitas ações são anunciadas, mas grande parte esbarra na burocracia e não sai do papel. Não existe uma política permanente de enfrentamento da seca”, afirma.
Um levantamento realizado pela Fetarn aponta que os prejuízos provocados pela seca à economia potiguar chegam aos R$ 5 bilhões. Segundo Francisco José, a grande preocupação, neste momento, é com o desequilíbrio da economia rural. “A situação é grave, e nós já perdemos 60% do rebanho bovino por causa da estiagem”, ressalta o vice-presidente, completando que o problema da seca não é só do campo: “A seca é uma questão que diz respeito também à cidade. Se o Governo não tomar as providências necessárias, é possível que haja racionamento de água até em Natal”.
Após a mobilização, os agricultores vão continuar em Natal para negociar com outros órgãos, como o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) e a Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB).
O movimento Grito da Seca: sede de água, sede de direitos tem uma pauta de mais de 50 reivindicações. Entre as principais, está a criação de uma política de recursos hídricos para universalizar o acesso a água no Rio Grande do Norte; a implementação de um programa estadual de assessoria técnica permanente aos assentamentos e comunidades; a estruturação dos órgãos de assessoria e pesquisa; a ampliação do programa de distribuição de alimentos para os rebanhos; a renegociação de dívidas e o financiamento para estruturação produtiva da agricultura familiar; e a desapropriação de imóveis rurais pelo INCRA.

Municípios do RN receberão 101 retroescavadeiras e 149 motoniveladoras



reuniao defesa civil
O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), em parceria com o Governo do Estado, irão entregar 101 retroescavadeiras e 149 motoniveladoras para municípios que compõem a região do semiárido. A agenda está prevista para o dia 29 de maio com a presença confirmada do ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas e, possivelmente, da presidenta Dilma Rousseff.
Para a compra das 101 retroescavadeiras foram utilizados recursos federais na ordem de R$ 10 milhões oriundos do PAC 2, o chamado PAC Equipamentos, do MDA. No RN, já foram entregues anteriormente 49 retroescavadeiras, sendo uma para cada município.

Os equipamentos são voltados para a recuperação de estradas vicinais dos municípios do semiárido do Rio Grande do Norte e podem ser utilizados também para obras de infraestrutura hídrica como o desassoreamento de barreiros, construção de barragens subterrâneas, perfuração de cacimbas em leitos de rios e escoamento da produção da agricultura familiar.

Professor Aluisio Dutra Participou do Programa A Voz do Sertão pela FM Independência de Campo Grande
O professor Aluísio Dutra de Oliveira foi o entrevistado do Programa " A Voz do Sertão" transmitido pela FM Independência da cidade de Campo Grande, apresentando semanalmente pelo comunicador Caramuru Paiva. O programa foi ao ar na última sexta feira sendo o mesmo comandado pelas representantes do Núcleo Sertão Verde, Luíza e Ceiça. Na entrevista o  professor Aluísio Dutra abordou vários assentos como: Situação de estiagem na região do Médio Oeste Potiguar, Importância dos Fóruns de Associações nas conquistas sociais e o Programa P1Mc, sendo destaque o Trabalho de Conclusão de Curso da aluna do Curso de Ciências Contábeis (CAP-UERN), Luciana Carla, sob o Título: "Análise de Custo de Cisternas de Placas do Programa P1Mc no Semi-árido do Rio Grande do Norte - que teve como orientador o professor Aluísio Dutra de Oliveira.       

Foram pagos R$ 8 mil para matar o Jornalista F. Gomes

 Ainda sobre o caso F. Gomes… Outras duas pessoas são apontadas como mentores do crime: o pastor Gilson Neudo Soares do Amaral e o major PM Marcos Antonio de Jesus Moreira.
Ambos, juntamente com o “Gordo”, foram alvos de denúncias feitas por F. Gomes no seu programa de rádio.
Eles teriam encomendado ao advogado Rivaldo Dantas de Farias a morte de F. Gomes e esse contatou “Dão” para mata-lo.
Foram pagos R$ 8 mil para matar o jornalista.
Fonte: Blog do Robson Pires.


Nenhum comentário:

Postar um comentário