quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Ednardo, Popó e Rivelino: Acordão foi Fechado em Patu


Na noite de 17 de fevereiro de 2020 foi realizada reunião para consolidar o que muitos comentários de pessoas da cidade de Patu já sabiam, ou seja, o acordão entre as duas lideranças políticas tradicionais da cidade de Patu, Ednardo Moura e Possidônio Queiroga. Sob a alegação que Patu sairá ganhando, o prefeito Rivelino Câmara, articulou todo o acordo onde o ex-prefeito Possidônio Queiroga, passaria a apoiá-lo na eleição municipal deste ano junto com os filhos, Thácio Queiroga, ex-candidato a prefeito na eleição municipal anterior e Thiago Queiroga, atual vereador pelo PSD, que fazia acusações ferrenhas contra o prefeito Rivelino na tribuna da  câmara e nas redes sociais. Resta saber se a população de Patu, principalmente os eleitores, vão digerir esse acontecimento histórico e político, mais um na história do município. Com a saída de Possidônio Queiroga e seus filhos do bloco da oposição, os vereadores Rodolfo Maia e Kaká de Bodinho, além de outras lideranças políticas como, Atimar Godeiro (PT), Evandro Moura, Aluísio Dutra (PT), Marcondes Pereira, Lurdes Leão (Pc do B) e demais apoiadores do Bloco da Oposição irão conduzir e definir os novos rumos que o grupo vai tomar, principalmente no tocante as eleições 2020. Uma coisa é certa, disse a vereadora Kaká de Bodinho, chapa única na eleição deste ano não terá pois o grupo da oposição lançará chapa para disputar contra esse "Acordão".
  
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário