quinta-feira, 18 de outubro de 2012

8º Congresso da ADUERN Será Realizado em Patu neste Final de Semana


O VII Congresso da ADUERN será realizado nesse final de semana, para discutir a temática “Autonomia Financeira e Carreira Docente”. O evento ocorrerá na cidade de Patu. O evento terá início na sexta-feira, 19, com o credenciamento dos participantes, a partir das 16h.

A Conferência de Abertura, que abordará a temática do evento, será realizada às 19h, com a participação do professor Josevaldo Cunha, 1º vice-presidente da Regional Nordeste II do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (ANDES-SN).

No sábado, 20, às 8h, será realizada a Plenária de Instalação para discussão e aprovação do regimento interno do Congresso. Depois, às 9h, haverá a Plenária do Tema “Autonomia Financeira” com exposição da temática pelos representantes da ADUERN na comissão que está discutindo uma proposta para a UERN. Representam o sindicato os professores: Valdomiro Morais, Telma Gurgel e Marcos Von Zuben.

Às 14h, será realizada a Plenária do Tema “Carreira Docente”. A exposição será realizada pelo professor Geraldo Carneiro, 2º vice-presidente da Regional Nordeste II do Andes-SN sobre a proposta elaborada pelo Sindicato Nacional.

Às 20h, será realizado um momento de confraternização entre os docentes em comemoração ao Dia do Professor, celebrado na última segunda-feira, 15 de outubro.

No domingo, 21, será realizada a Plenária Final, às 9h. Na ocasião, haverá a sistematização das propostas levantadas nos debates, além da discussão do Plano de Lutas que irá nortear a ADUERN pelos próximos dois anos. Também será escolhido o local do VIII Congresso da entidade.

O professor Flaubert Torquato, presidente da ADUERN, destaca a importância da participação dos professores no evento. “Serão abordados temas extremamente relevantes para o cotidiano docente, como carreira e condições de trabalho”, esclarece.

O presidente ainda frisa o tema da autonomia financeira. “O debate deste tema será realizado no sentido de construirmos um parâmetro de financiamento público que proporcione à nossa instituição um maior grau de liberdade de administração dos seus próprios recursos”, afirma.




Fonte: Aduern




Nenhum comentário:

Postar um comentário