domingo, 27 de janeiro de 2019

EMPRESA DE ORIGEM INDIANA APRESENTOU PROJETO QUE PRETENDE TRIPLICAR A EXTRACAO DE MINERIO DE FERRO E GERAR 600 EMPREGOS DIRETOS NO RN


O diretor-presidente do Igarn, Caramuru Paiva, esteve presente ao I Seminário Técnico da Fomento do Brasil Mineração, realizado no hotel Golden Tulip, em Ponta Negra. Durante o evento a empresa apresentou a estrutura programada para a implantação de um empreendimento que objetiva a extração de minério de ferro, dentro dos direitos minerários concebidos pela Agência Nacional de Mineração (ANM). O projeto tem o objetivo de extrair anualmente cerca 1,5 milhão de toneladas de minério de ferro, o que corresponde a quatro vezes a maior produtividade já alcançada pelo Estado e tem a previsão de gerar 600 empregos e uma receita em torno de R$150 milhões por ano.

A atividade abrangerá áreas em Lagoa de Velhos, Senador Elói de Souza, Serra Caiada, Sítio Novo e Tangará. O instituto como responsável pela gestão dos recursos hídricos estaduais é responsável por regularizar e fiscalizar o usos de águas de mananciais das regiões em que ocorrerão as atividades do empreendimento. 
Na ocasião o consultor da empresa abordou o projeto de estruturação do empreendimento explanando pontos como o histórico da empresa, propostas para a área socioambiental, econômico, industrial, mineração, transporte, entre outros.

#IGARN #GOVERNODORN 
#TextoFelipeAlecrim
https://www.instagram.com/p/BtELQ_5F84s/?utm_source=ig_share_sheet&igshid=tne5f6kedqu7

Nenhum comentário:

Postar um comentário