quinta-feira, 27 de julho de 2017

Supremo recebe ação do PT contra aumento nos impostos sobre combustíveis


gasolinaO Partido dos Trabalhadores protocolou no fim da tarde dessa quarta-feira (26) ação no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o reajuste nos impostos sobre combustíveis , medida adotada pela equipe econômica do governo Michel Temer. A Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) foi distribuída para a ministra Rosa Weber.
Na peça de 13 páginas entregue ao STF , o PT alega que o aumento no preço dos combustíveis “cria insegurança social” e é inconstitucional da forma como foi definido, uma vez que ele “viola o princípio da anterioridade nonagesimal”. Esse princípio previsto na Constituição Federal impõe o tempo mínimo de 90 dias para que um imposto recém-criado ou recém-aumentado passe a valer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário