sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Territórios da cidadania do RN aprovam mais de R$ 2 milhões em 6 projetos do PRONAF infraestrutura 2015

A instalação do Sistema Municipal de Inspeção com equipamentos e carro de transporte frigorífico dentre outros itens é o que vai dá as condições para 12 prefeituras de o Território Alto Oeste colocar em prática a estrutura de inspeção municipal que viabiliza a comercialização da agricultura familiar junto aos programas de compras governamentais. O investimento total de R$ 400.000,00 foi adquirido do PRONAF infraestrutura através da aprovação no Colegiado territorial daquela região. O proponente foi um inovador consórcio intermunicipal.

Este e outros 5 investimentos totalizam cerca de R$ 2 milhões aprovados em 2015 para apoio ao desenvolvimento da agricultura familiar nos territórios de Alto Oeste, Açu Mossoró, Sertão do Apodi, Sertão Central, Mato Grande e Agreste-Litoral Sul. “Os investimentos vão desde o apoio à implementação do SIM até carros de apoio a comercialização e equipamentos de apoio a produção de armazenamento de forragens para os animais”, explicou Caramurú Paiva, Delegado Federal do Ministério do Desenvolvimento Agrário no Rio Grande do Norte.

O PRONAF infraestrutura continua com edital aberto para inserção de novas propostas até o dia 31 de outubro de 2015. O órgão público interessado submete a proposta para apreciação pelo Colegiado Territorial e em seguida faz o cadastramento no SINCOV. “O recurso tem um papel educativo de democratização da forma de priorizar os projetos da agricultura familiar do território a partir de investimentos concretos”, comentou Emerson Cenzi, consultor estadual da Secretaria de Desenvolvimento Territorial. 

PRONAF infraestrutura supera R$ 50 milhões investidos no RN
Desde 2003 quando foi criado o PRONAF infraestrutura, o Rio Grando do Norte já recebeu 52.704.838,51 em convênios e contratos firmados entre o Governo Federal junto ao Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Prefeituras Municipais e entidades representativas de organizações produtivas da sociedade civil que apoiam a agricultura de base familiar.
Fonte: MDA

Nenhum comentário:

Postar um comentário