segunda-feira, 29 de junho de 2015

Reitoria e Governo alinham proposta para atender reivindicação de servidores

Campanha Salarial


Campanha Salarial
Até a próxima terça-feira, a Associação dos Docentes e Sindicato dos Técnicos Administrativos da Universidade do Estado do Rio Grande Norte (UERN) deverão receber a proposta salarial do governo negociada pela Reitoria, nesta quinta-feira. Como foi anunciado pelo reitor Pedro Fernandes, na audiência pública promovida pela Câmara Municipal, uma nova rodada de negociação aconteceu no início da noite de ontem e a expectativa é de que até essa data as duas categorias em greve possam analisar a proposta.
Na reunião com a secretária-chefe de Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, e o secretário de Planejamento, Orçamento e Finanças do Estado, Gustavo Nogueira, Pedro Fernandes apresentou propostas para o fim do impasse. As novas planilhas foram discutidas detalhadamente e, mais uma vez, o reitor insistiu que o enxugamento das despesas feito pela gestão comporta a reposição salarial, sem necessidade de suplementação orçamentária.
A política de austeridade da UERN foi reconhecida pelo Governo e também pelo Ministério Público (MP). Na audiência, que contou com a presença da senadora Fátima Bezerra; deputado Fernando Mineiro e Sindicatos da UERN, o Procurador Geral de Justiça, Rinaldo Reis, elogiou a Universidade pela eficiência da gestão e disse que se outros órgãos seguissem o modelo da instituição, eles contribuiriam significativamente para que o Governo saisse do limite legal da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que impede recomposição de salários dos servidores públicos.
Antes da reunião com os secretários de Estado, o reitor Pedro Fernandes, acompanhado da Pró-Reitora de Planejamento da UERN, Fátima Raquel Rosado de Morais, foi recebido pelo governador em exercício, Fábio Dantas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário