segunda-feira, 15 de junho de 2015

Pronera levando educação no campo a 880 municípios brasileiros

O Instituto Nacional de Colonização (Incra), em parceria com o Instituto de Pesquisas Aplicadas (Ipea), lançam na próxima quinta-feira (17) a Segunda Pesquisa Nacional de Educação na Reforma Agrária – II Pnera, que apresenta os números referentes à presença e dimensão do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera). A pesquisa apresenta os dados referentes ao período de 1998, quando o Programa foi criado, a 2015, sendo o mesmo dividido em dois projetos: o primeiro apresentando o levantamento de 1998-2011, quando foram estudadas a ações quantitativas, trazendo a marca de 320 cursos distribuídos em 880, beneficiando 164.894 educando oriundo dos assentamentos de reforma agrária federal.
O segundo projeto da pesquisa traz dados qualitativos avaliando o impacto dos cursos nas comunidades e regiões contemplados, com está metodologia pôde-se observar a abrangência e eficácia do Pronera no aumento da qualidade de vida do púbico assentado, que está sendo sistematizado para ser entregue ainda este ano. 
Este trabalho é fruto de uma parceria ampla que envolve Incra, Ipea, e Catédra Unesco de Educação do Campo e Desenvolvimento Territorial da Universidade Estadual Paulista (Unesp), responsável pela coordenação nacional do projeto, que contou com a participação de 120 pesquisadores, que avaliaram 157 cursos de Eja Fundamental; 99 de ensino médio; e 54 de ensino superior.
Metodologia
A pesquisa foi realizada em quatro etapas: 1. Preparatória, quando foram realizados os primeiros levantamentos junto as Superintendências Regionais sobre os números de cursos e beneficiários promovidos pelo Pronera; 2. Pesquisa-teste,quando os pesquisadores selecionaram alguns cursos as informações nos banco de dados, visando averiguar a eficiência dos procedimentos; 3. Levantamento e lançamento dos dados, após ajustados e definidos os procedimentos o banco de dados foi alimentado; e 4. Revisão final e sistematização dos dados, que ocorreu após os pesquisadores terem inseridos todos os dados conseguidos no sistema. A partir do qual permite a constante atualização dos números.
Dados da pesquisa
A pesquisa identificou que dos 157 cursos de Eja, 91 foram de alfabetização, atendendo a 47.867 alunos; 46 para os anos iniciais de escolaridade, com 24.963 beneficiários; para os anos finais foram 30 cursos, com 2,450 concluintes.
Para os cursos de nível médio foram: 29 de magistério normal, com 1.689 alunos; 05 de nível médio normal, com 121 alunos; 29 de médio/técnico concomitante, 992 beneficiários; 22 nível médio/técnico integrado, 1.414 educandos; e 14 médio profissional (pós-médio), com 684 concluintes.
Os cursos de graduação foram 42, respondendo por 2.188 alunos; seis de especialização, com 261 beneficiários; e seis turmas de residência agrária, com 266 concluintes.


_______________________________________________
Comunidade.Natal mailing list
Comunidade.Natal@lists.incra.gov.br
http://lists.incra.gov.br/cgi-bin/mailman/listinfo/comunidade.natal 

Nenhum comentário:

Postar um comentário