sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Médico Psiquiatra e Pesquisador Social faz Reivindicações ao deputado eleito Carlos Augusto Maia

Epitácio Filho e Carlos Augusto Maia
O médico psiquiatra e pesquisador social Epitácio Andrade Filho nessas eleições de 2014 teve uma importante dedicação e apoio aos candidatos Dilma, Robinson Faria, Fátima Bezerra, Adriano Gadelha e em especial ao candidato e deputado eleito Carlos Augusto Maia. Epitácio Filho possui uma atuação em várias regiões do estado  sempre na busca de alternativas que venham melhorar as condições do povo em diversas áreas como: saúde pública (saúde mental), cultura, educação, resgates históricos, comunicação entre outras. Carlos Augusto Maia foi eleito deputado recebendo votos de todas as regiões do estado. Com o objetivo de contribuir para que o mandato popular do deputado eleito Carlos Augusto Maia seja bem atuante, participativo e prestativo o pesquisador social Epitácio Filho publicou uma carta aberta ao referido deputado fazendo um relato dos apoios recebidos pelo mesmo e reivindicações que poderão ser bandeiras de lutas do seu mandato. Segue  a carta:


Carta aberta ao deputado estadual eleito Carlos Augusto Maia.
Natal/RN, outubro de 2014.
                 Prezado amigo Carlos. Passada a eleição que pela força do voto popular você saiu vitorioso. É hora de relembrar e reafirmar os compromissos assumidos diante do povo. Antes, porém lhe afirmo que nunca havia defendido uma candidatura com o engajamento e a determinação como fiz na defesa de sua candidatura, excetuando-se a candidatura de Airene Paiva que defendi com igual vigor. Se a resposta eleitoral não veio a contento, motivos outros justificam o desempenho nas urnas, mas, com certeza, entre os quais não está a falta de empenho e engajamento de nossa parte. Na luta política, em visitas domiciliares, nas reuniões, em praça pública, defendi a sua candidatura como se fora a mim próprio. Da capital ao interior, assumimos o compromisso de defender causas, que pela relevância social de suas possíveis efetivações não devem ser perdidas no vazio dos discursos demagógicos. Em Natal, diante de dezenas de pessoas, apresentamos a proposta de apoiar ações que busquem valorizar o estilo de vida vegetarianista e a filosofia vegana, que defende os direitos dos animais. No sertão, o apoio do ambientalista Francisco Rodrigues (Kavei) e outros amigos/as deve direcionar o seu mandato para a intransigente defesa da caatinga. Em Patu, conquistamos muitos apoios, dentre eles o de Fofim Ramos, o que nos deve colocar na posição de devedores de apoio ao seu projeto político de disputar um mandato legislativo naquela cidade. Em Tibau do Sul/praia da Pipa, o espontâneo apoio do militante Emanuel Lopes deve colocar o seu mandato a serviço da causa antimanicomial. Em Senador Georgino Avelino, para onde viajamos juntos, você deve requerer a duplicação da ponte do Rio Baldum/Santo Alberto na rodovia estadual que dá acesso à cidade. Na visita ao distrito de Carnaúba se percebeu a demanda cultural do lugar, justificando que seu mandato defenda o reconhecimento da Associação de Comunicação e Cultura de senador Georgino Avelino como de utilidade pública estadual. Ainda no agreste /litoral sul o reconhecimento dos problemas do homem do campo requer de seu mandato o apoio para a regulamentação da atividade profissional dos tiradores de coco e o apoio à organização social dos trabalhadores da agricultura familiar. Em Senador Georgino Avelino, o problema da metropolização requer de seu mandato a defesa da inclusão do município nas discussões sobre a área metropolitana da capital. Em Parnamirim, a questão da violência urbana deve nortear seu mandato para a defesa da integração das polícias e de ações que busquem proteger a saúde física e mental dos policiais. Em Goianinha, os apoios que recebemos devem orientar seu mandato para a defesa de ações desportivas como forma de prevenir o consumo de álcool e outras drogas. Em Arez, seu mandato deve apoiar o resgate histórico-social da comunidade quilombola Patané/Camocim que preserva tradições indígenas. Em Bom Jesus, o seu mandato deve apoiar o lar abrigado de dona Arlete. Em Caicó, o apoio do sociólogo Jonas Medeiros deve justificar que seu mandato apóie a estratégia de redução de danos no consumo de drogas psicoativas. Em Currais novos, o apoio de Jefferson Tavares, deve justificar que seu mandato defenda o pequeno empreendedorismo. Também em Currais Novos, com o apoio do historiador William Pinheiro assumimos o compromisso de requerer o tombamento do memorial do cangaceiro Chico Pereira além de chamar uma audiência pública sobre o fenômeno do cangaço no Rio Grande do Norte e lutar por um política pública que garanta a preservação do patrimônio notarial do estado.. Em Santa Cruz, o apoio que sua candidatura recebeu do professor João Maria Medeiros justifica que seu mandato defenda melhorias salariais para a docência potiguar. Em Várzea, na residência do senhor Jacemy e dona Raimunda, assumimos o compromisso de lutar para viabilizar a implantação de um cartório naquele município. Em Ouro Branco, onde recebemos importantes apoios ficamos de defender ações que favoreçam o pleno desenvolvimento da juventude. Em Jardim do Seridó, recebemos o apoio de vários policiais militares e ficamos de defender a categoria. Em Parelhas, o apoio da historiadora quilombista Socorro Cruz deve orientar seu mandato para a defesa das comunidades tradicionais do Rio grande do Norte. 
Prezado deputado, conte com meu apoio fraterno e vigilante. 
A partir de agora estarei me afastando do cenário político para me dedicar à militância técnica e profissional.  
Saudações democráticas. 

Epitácio Andrade.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário