sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

‘Pecado Capital’ motivou buscas em imóveis do deputado Gilson Moura


O Ministério Público Estadual confirmou, em nota oficial, que a busca e apreensão de documentos na casa do deputado Gilson Moura (Pros), fato ocorrido na manhã desta sexta-feira (7), é um desdobramento da operação Pecado Capital. A operação foi deflagrada em setembro de 2011 e investigou desvio de dinheiro público no âmbito do Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte (Ipem/RN).
De acordo com o MP, foram cumpridas buscas e apreensões em três endereços na capital potiguar e em Nova Parnamirim, bairro de Parnamirim, na Grande Natal. O objetivo foi identificar e coletar documentos e outros meios de prova, além apreender bens relacionados com investigação de desvio de recursos público.
Fonte: Blog do Robson Pires.

Nenhum comentário:

Postar um comentário