quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Violência racial contra juventude negra é debatida em audiência


audiencia negros
A “Visibilidade da Multiplicidade da Violência Racial contra a Juventude Negra” foi o tema em debate esta tarde (20) em audiência pública realizada pelo Centro de Estudos e Debates da Assembleia Legislativa, por proposição do deputado Fernando Mineiro (PT), na data em que se comemora o Dia Nacional da Consciência Negra. Durante duas horas, representantes de comunidades quilombolas e de entidades de Natal e do interior do Estado, que trabalham com o tema, discutiram a necessidade de implantação no Rio Grande do Norte das políticas públicas de promoção da igualdade racial.
Para alguns debatedores, o “racismo institucional é uma praga instalada no Estado, que agora está com mais visibilidade”. Eles destacaram que não querem apenas a superação individual e sim a superação coletiva. Também deixaram evidenciado que não é só a violência física que preocupa as comunidade. O acesso da população negra à Saúde, por exemplo, foi muito criticada. Existe uma política nacional, mas no Rio Grande do Norte, não sai do papel, quase inexiste.
Na audiência foram apresentados dados sobre a morte de jovens no Brasil. Indicando que os homicídios são hoje a principal causa da morte de jovens de 15 a 29 anos e atingem especialmente jovens negros do sexo masculino, moradores das periferias e áreas metropolitanas dos centros urbanos.Ao final da audiência, o deputado Fernando Mineiro reiterou o compromisso do seu mandato com a luta pela igualdade racial. “É preciso dar visibilidade às comunidades quilombolas do Rio Grande do Norte, oferecendo Educação, Saúde e Lazer”, afirmou.
Fonte: Mandato Deputado Fernando Mineiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário