quinta-feira, 16 de maio de 2013

Notícias para esta Quinta Feira 16 de maio de 2013

Vereadora Lucélia Ribeiro (PT) Faz Discurso na Câmara Repudiando Atitude da Mesa Diretora
A Vereadora Lucélia Ribeiro Dantas (PT) na sessão realizada ontem na Câmara Municipal de Patu fez um pronunciamento repudiando a atitude da mesa diretora da casa na questão de escolha dos membros da câmara para compor o Conselho da Previdência Própria Municipal.
Veja na íntegra o pronunciamento
Quero nesta tarde fazer uma critica construtiva a mesa diretora desta casa, primeiro dizendo ao senhor presidente que nós que não fazemos parte da mesa diretora, somos vereadores eleitos pelo povo, com os mesmos direitos de Vossas Excelências, cada um em seu segmento, com sua representatividade, por isso queremos e temos o direito de representá-los, embora esse direito esteja sendo negado. Não sei se vossas excelências sabem, mas na semana passada a mesa diretora escolheu seus representantes para o conselho da previdência própria, pedido esse que já tinha feito ao presidente desde os primeiros dias de assento nesta casa, por motivo de a mais de dez anos estar à frente defendendo o direito dos servidores. Porem fui surpreendida sábado passado com a noticia que os titulares foram escolhidos, só me restando ser suplente, ou seja, sem vez e sem voz dentro do referido conselho. Ao refletir a situação veio logo a lembrança de que para representar o legislativo com atribuições para organizar a conferencia das cidades, em virtude da mesa diretora não se interessar por essa ocupação, foi realizada uma reunião para deliberar quem seria escolhido, no entanto uma representação tão importante e decisiva para o bom funcionamento da previdência própria, mesmo tendo sido feito solicitação nem nos escutou.

"Não estamos aqui, Senhor Presidente, 

defendendo caprichos e interesses do 

executivo, nem de A nem de B, estamos para 

representar o povo".

            Não estamos aqui, Senhor Presidente, defendendo caprichos e interesses do executivo, nem de A nem de B. estamos para representar o povo. O legislativo é sinônimo de interesse da população, desde reivindicar a retirada de lixo de uma rua, a criação de leis, a fiscalização do cumprimento dos direitos dos servidores. Somos nós servidores que contribuímos para o funcionamento do município. No entanto o que se observa é que esta casa vem ignorando, seguindo de ações irresponsáveis a partir de quando as matérias chegam nesta casa e não são nem discutidas, analisadas pelos vereadores como o que aconteceu no dia em que o veto da prefeita Evilásia a uma emenda feita por mim ao projeto do executivo que só vinha beneficiar o funcionamento da previdência própria e aos servidores. Descumprindo a lei mãe desta casa  pelo regimento de pedir vista a uma propositura. Deliberando certo ótimo, se der errado problema dos contribuintes. Ate porque nem um dos membros da mesa é servidor municipal, não vão ter nenhum prejuízo. E não me venham com a desculpa de que o projeto já tinha sido votado, porque o que se discute hoje é o funcionamento da previdência própria e não a lei que cria a previdência. 

"Você servidor vai ser penalizado, o sinal vermelho

 acende, pois teremos mais um conselho sem

 autonomia, blindado aos interesses do servidor"

Você servidor vai ser penalizado, o sinal vermelho acende, pois teremos mais um conselho sem autonomia, blindado aos interesses do servidor, pois os representantes do executivo vão reivindicar os interesses do executivo, os representantes do legislativo vão reivindicar os interesses do executivo também, não venham argumentar que não, pois de um lado estar o líder do governo, ninguém serve a dois senhores ao mesmo tempo. Do outro o vereador Alexandrino Suassuna, excelente parlamentar, muito experiente, mas com todo respeito por vossa excelência é muito bom, mas na oposição, na situação torna-se  conivente ao governo.
            É fácil senhores vereadores subir num palanque em época de campanha e dizer que quer ser representante do povo, é fácil fazer uso dessa tribuna e dizer que está a disposição para ajudar e abraçar suas causas. Difícil senhores vereadores, vereadora é vestir a camisa em defesa dos interesses da população e de vocês servidores. Pois muitos quando chegam a esse assento, esquecem de atender e agir em defesa do coletivo e vivem em função de seus interesses pessoais.

"Pois muitos quando chegam a esse assento,

 esquecem de atender e agir em defesa do coletivo

 e vivem em função de seus interesses pessoais".

            Mas nós servidores não vamos nos sentir impotente, a união faz a força, e o que construímos até hoje, as dificuldades que já enfrentamos e vencemos, essa é um começo de uma grande batalha.
            Para finalizar, Sr presidente, quero que registre em ata o meu repúdio em nome do mandato popular, quero que registre em ata o meu repúdio em nome do mandato popular da vereadora Lucélia Ribeiro e em nome do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Patu-RN / SINDSERPUMP a esta ação da mesa diretora. E aos demais vereadores que possamos nos unir com nossos discursos já que não nos é concedido o direito de opinar, participar ou decidir, a final todos aqui tiveram voto de algum servidor e/ou de seus familiares. Viva a Democracia e que o povo saiba fazer uso dela.
Lucélia Ribeiro - vereadora PT.
  
V Romaria do Terço dos Homens neste Dia 26 de Maio


Visite o Blog do Conselho Tutelar de Patu



Veja as notícias e ações desenvolvidas pelo Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente de Patu


Prof. Aluísio Dutra Será Entrevistado nesta Sexta Feira pela FM Independência de Campo Grande
A convite do apresentador do programa Vozes do Sertão,  Caramuru Paiva, o professor Aluísio Dutra de Oliveira será o entrevistado nesta sexta feira pela FM Independência de Campo Grande 104.9 Mhertz. Vários assuntos serão debatidos na entrevista como: Políticas Públicas governamentais para o campo, trabalho de conclusão de curso da aluna Luciana Carla (Curso de Ciências Contábeis - Campus de Patu) sobre o P1Mc, orientado por ele, Fórum de Associações e a sua contribuição para as conquistas das políticas públicas. 
O programa será levado ao ar nesta sexta feira das 16:00 as 17:00 horas.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário