domingo, 14 de abril de 2013

Campanha de Vacinação Contra a Gripe Começa nesta Segunda Feira (15/04)

Começa nesta segunda-feira (15), a campanha nacional de vacinação contra a gripe. O objetivo da campanha é vacinar contra a influenza os grupos de risco como gestantes, pessoas com 60 anos ou mais, crianças com idades entre seis meses e dois anos, mulheres no período pós-parto e os portadores de doenças crônicas.
A campanha vai até o dia 26 de abril e no próximo sábado, dia 20 de abril de 2013, está acontecendo o Dia “D” de Vacinação Contra a Gripe. Portanto, procure uma de nossas Unidades Básicas de Saúde, no horário das 08 às 17 horas para tomar a dose da vacina. Para quem foi vacinado em anos anteriores é necessário levar comprovante de vacinação a uma unidade de saúde básica. Quem não tiver a caderneta de vacinação pode apresentar um documento de identidade.
Em Patu a os locais de vacinação são seguintes:  

Unidade Básica de Saúde Lourival Rocha
Unidade Básica de Saúde João Inácio
Unidade Básica de Saúde Nova Patu
Unidade Básica de Saúde Rosalita Forte
Zé Nilson
Feira-Livre
Fonte: Secom


Fátima reafirma apoio ao Ministério Público contra a PEC 37


fatima tribunaA deputada federal Fátima Bezerra (PT) participou do ato público contra a PEC 37 – a PEC da Impunidade, realizado na Assembleia Legislativa do RN.
“Sinceramente, espero que não prospere no Congresso Nacional a aprovação da PEC 37. Isso não é bom para a cidadania, não é bom para a democracia. O caminho é fortalecer as instituições no combate à impunidade. Um Parlamento forte, uma Justiça forte e célere passa por um Ministério Público atuante”, ressaltou a deputada.



Neste Dia 21 de Abril



Direção  da FETRAF-RN vai se  reunir nesta  segunda-feira (15/04) em Natal.

A direção da Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar do Rio Grande Norte (FETRAF-RN), estará realizando nesta segunda-feira (15), a partir das 9:00h em  sua sede em Natal mais um encontro de sua direção com a participação dos coordenadores das regiões. A informação é do presidente do Sintraf de Messias Targino e Coordenador Estadual de Formação Sindical e Profissional da FETRAF/RN, Pôla Pinto.

Segundo Pôla Pinto, durante o encontro será  discutido a situação do agravamento da seca que atinge o estado . Outro ponto de discussão será o III Congresso da Fetraf Brasil que será realizado em Agosto em Brasília.

Representando  a região  do Médio Oeste vão participar do encontro, Pôla Pinto, Raimundo Canuto, presidente do Sintraf de Janduis e Hildebrando Rocha, coordenador da FETRAF-RN   e dirigente  do Sintraf de Campo Grande.
Sindicatos   ligados a FETRAF-RN, estiveram reunidos em  Messias Targino.

Na última quinta-feira (11) , 20 representantes dos  municípios de Campo Grande, Janduis, Messias Targino, Patu,  Apodi, Rafael Godeiro, Severiano Melo, Encanto, São Miguel, Parau e Triufo Potiguar, ligados a Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar do Rio Grande Norte (FETRAF-RN), da região do Médio Oeste,  estiveram reunidos  no município de Messias Targino, em mais uma reunião mensal da regional.

Durante o encontro foi apresentado o regulamento a provado pela Fetraf-Brasil para o 3° Congresso  que será  realizado  de 07 a 09 de Agosto em Brasília. Também  discutido ainda quanto aos critérios para escolhas de delegados e todos os prazos para as instancias  estadual e municipal realizarem a escolhas dos delegados. Ficando definido um calendário de  Assembleias dos Sintrafs da  região para os meses de Maio e junho.

O sistema de desconto de aposentados rurais  já foi implantado  nos SINTRAFS  dos municípios  de Messias Targino,Janduis,Campo Grande  e Rafael Godeiro faltando apenas três município implantarem o sistema.


Cada  representante  dos municípios presente fizeram um apresentação do quadro de seca em cada município. Também foi feito uma avaliação do Grito pela Água  feito em Apodi que  foi considerado positivo. Os municípios de Patu, Janduis e Messias Targino realizaram Audiências públicas com pauta e estão aguardando os encaminhamentos da FETRAFRN .

A dirigente Joelma  do Centro Padre Pedro de Janduis passou os informes  da reunião da ASA e FOCAMPO realizada na terça-feira (10) em Natal com varias instituições que fazem parte da asa estadual para discutir a seca, e  cada um já tinha suas pautas. A Fetarn já está com sua pauta para o dia 20/05, e foi unificada que dia 21/05 seria o dia que todos vão realiza um evento juntos.

Pôla Pinto informou que ele , Raimundo e Zé Mota participaram da reunião do FOCAMPO em Natal representando a FETRAFRN,onde foi avaliados todos os aspectos de todos os Gritos pela Água realizados em todas s regiões do estado. O mesmo informou ainda que dia 15 (Segunda-feira) , a FETRAFRN  vai realiza uma  reunião  da direção da qual vão participar os diretores da região para discutir a Jornada de Lutas da FETRAFRN.

Aluisio Dutra sugeriu  que os municípios forme comissões  para busca ajuda das prefeituras para participarem das mobilizações estaduais.
João  do SINTRAF   de Severiano Melo apresentou um edital da Conab para que as associações que acessaram o PAA  possa esta participando enviando projeto. Já Francisco Junior de Apodi informou que  a Associação do Arroz já está  disputando um projeto.Também foi defendida  a necessidade de realiza um debate com os FETRAFIANOS, com dirigentes da CONAB, sobre o PAA.

Ficou acertado que a próxima reunião da FETRAF-RN, da região do Médio Oeste será dia 15 de maio no município  de Janduis.


Mineiro questiona projeto do governo sobre contratação de professores temporários

Na sessão plenária desta quarta-feira (10), o deputado Fernando Mineiro (PT) questionou o Projeto de Lei encaminhado pelo Governo do Estado, em dezembro do ano passado, solicitando a contratação de professores para atender as necessidades temporárias da rede estadual de Educação. 
Ele ressaltou que a matéria em tramitação na Assembleia Legislativa não trata apenas da substituição dos professores temporários. O governo alega que o projeto é para preencher atividades temporárias, mas, ao analisar a matéria, constata-se que o objetivo vai além disso. 
Para se ter uma ideia, o art. 2º especifica os casos de admissão considerados como “necessidade temporária de excepcional interesse público”: professor substituto; professor e pesquisador visitante; professor, pesquisador e tecnólogo substitutos para suprir a falta de professor, pesquisador ou tecnólogo ocupante de cargo d e provimento efetivo, decorrente de licença para exercer atividade empresarial relativa à inovação; e professor para suprir demandas decorrentes da expansão de instituições estaduais de ensino. Como se vê, são funções que vão além de necessidades temporárias. 
O mais grave, segundo Mineiro, é o trecho do art. 3º, que diz que a admissão poderá ser feita de acordo com a “vacância, nas hipóteses previstas no art. 33 da Lei Complementar Estadual nº 122, de 30 de junho de 1994” (inciso I dos mesmos parágrafo e artigo). 
A referida lei complementar, em seu art. 33, diz que a vacância poderá decorrer de exoneração; demissão; promoção; transferência; readaptação; aposentadoria; posse em outro cargo ou função inacumulável; falecimento; dispensa, destituição; perda do cargo em razão do qual ocorreu a investidura; e afastamento para exercício de mandato eletivo ou para prestar serviços a outra pessoa jurídica ou a outro poder ou órgão equivalente. 
O deputado observou que os cargos criados “não são vacâncias temporárias, mas sim permanentes”. Ele defendeu que o governo deveria convocar os professores concursados para preencher essas vagas permanentes, em vez de fazer convocações temporárias para funções que são, na verdade, definitivas. 
“O governo deveria, isso sim, apresentar um calendário de convocação dos professores concursados. Além disso, tem que corrigir os erros desse projeto de convocação temporária para poder ser aprovado”, comentou. 
O deputado protocolou ofício, endereçado á secretária estadual de Educação, Betânia Ramalho, solicitando mais informações sobre o projeto. Mineiro quer saber quais situações se caracterizam como de atendimento “a necessidade excepcional de interesse público”; quantos “agentes públicos temporários” estão previstos para contratação; qual o prazo previsto de contratação dos referidos “agentes públicos temporários”; qual o número total dos servidores temporariamente afastados, especificando tipo de afastamento; qual o número de vagas existentes na rede estadual de ensino público, por DIRED; qual o cronograma de convocação dos professores e especialistas concursados; e qual o número total dos servidores da SEEC (ativos e inativos) lotados na SEEC.

Fonte: Blog do Pôla Pinto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário